sexta-feira, 19 de outubro de 2007

DINOSSAURO DE AREIA


Dinossauro de areia ganha forma em Cantanhede

Escrito por Geraldo Barros, "Campeão das Províncias,12-Out-2007

Reproduzido numa escala próxima do real pelo escultor Pedro Mira na Praça Marquês de Marialva (Cantanhede), o dinossauro de areia, um triceratops, pretende divulgar a exposição “Os Dinossáurios Regressam a Cantanhede”, patente ao público no Museu da Pedra.

A peça escultórica está a ganhar forma na praça em frente ao edifício dos Paços do Concelho de Cantanhede e deverá ficar concluída dia 13 de Outubro. Integralmente patrocinada pelo Banco Popular, esta original iniciativa implica a utilização de mais de 40 toneladas de areia para dar forma a uma composição com aproximadamente oito metros de comprimento por seis de largura e dois e meio de altura. Apesar do material utilizado – a areia – a escultura deverá manter-se intacta durante cerca de dois meses, ou seja, até 9 de Dezembro, data em que termina a exposição “Os Dinossáurios Regressam a Cantanhede” e após a qual a areia utilizada na escultura será aproveitada pelos serviços técnicos camarários na execução de obras municipais.

Formado em artes plásticas com especialização em escultura pela Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa, Pedro Mira tem desenvolvido intensa actividade em diferentes territórios das artes plásticas, designadamente, em trabalhos semelhantes ao que está a executar em Cantanhede, com participações em alguns dos mais prestigiados certames de escultura de areia, como o World Championships of Sand Sculpture (Søndervig, Dinamarca), Festival de Haarlemmermeer (Holanda), Festival de Istambul (Turquia), Lara Sand City (Antália, Turquia) e F.I.E.S.A. – Festival Internaciolnal de Escultura em Areia de Armação de Pêra.

Organizada pelo Museu Nacional de História Natural, em parceria com o Município de Cantanhede, a exposição “Os Dinossáurios Regressam a Cantanhede” é constituída por réplicas de esqueletos completos de diversos exemplares de dinossáurios, ninhos com ovos de diferentes espécies e vários tipos de dentes e garras, bem como painéis representativos sobre os seus modos de vida.

Sem comentários:

Enviar um comentário

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.