quinta-feira, 8 de novembro de 2007

Os alquimistas das estrelas


Todos nós somos matéria das estrelas. Actualmente pensa-se que apenas os elementos químicos mais leves - hidrogénio, hélio e lítio - foram produzidos no Big Bang. Os outros elementos são produtos de estrelas, que «sintetizam» elementos diferentes em diferentes etapas da sua vida de muitos milhões de anos. Durante a explosão de supernovas, são produzidos os elementos mais pesados. Vários mecanismos, como os ventos estelares e as próprias explosões de supernovas, fazem com que os elementos formados nas estrelas se misturem com o gás interestelar, que eventualmente irá dar origem a novas estrelas e planetas.

Neste vídeo, que integra a série de ciência Origins da PBS Nova, que gostaria imenso alguma das nossas televisões adquirisse, Neil deGrasse Tyson conta-nos a história dos elementos de uma forma que explica por que é actualmente o mais conhecido astrofísico americano.

35 comentários:

  1. Nunca tinha percebido como é que se formavam os elementos mais pesados (ex: cumbo, ouro, etc)!

    Em todos os (poucos) livros que li a hsitoria acabava sempre algures na formação do oxigenio no nucleo das estrelas.

    Agora já percebi que o resto da malta se forma na supernova!

    Fixe

    ResponderEliminar
  2. Linda, a cozinha estelar!
    Sai uma de carbono para mesa 2!
    :-)
    Adorei as metáforas visuais aqui empregues.

    Luís Azevedo Rodrigues

    ResponderEliminar
  3. Palmira há alguma coisa publicada por cá e em Portugues do Neil deGrasse Tyson?
    Eu li em tempos o cosmos do sagan e gostaria de ler algo semelhantes mas que possa ser uma especie de actualização do mesmo, o que aconselha? Em portugues de preferencia..

    ResponderEliminar
  4. Armando:

    Também gostava de saber se há alguma coisa traduzida do Tyson. Já procurei não encontro nada.

    Este vídeo é o máximo! Em vez de telenovelas e outro tele-lixo, porque é que a nossa televisão pública não passa programas destes?

    ResponderEliminar
  5. Quando o Jonatas acabar a sesta, de escrever o próximo artigo para o portal evangélico, e disser duas dúzias de mentiras numa recensão a um livro sobre evolução na Amazon.com, tamos feitos, acaba-se a paz.

    Sim porque isso de dizer que somos matéria das estrela é capaz de ser complicado para a cabeça dele onde só entra criacionismo.
    Se calhar a Palmira encontrou a grande entidade inteligente do dito "design" tão defendido pelo Jonatas (bolas que até o nome é biblico).
    Quem havia de dizer que a entidade de suprema intelegência, não era única e se chamava Estrela.

    Esta brincadeira apenas porque o douto senhor interviu nos três últimos posts sobre biologia em defesa do seu criador ESTRELA.

    ResponderEliminar
  6. tenho de ir para casa ver isto com som...

    ResponderEliminar
  7. Só duas notas:

    1 - A sequência acaba no ferro porque a fusão deste exige energia ao contrário das anteriores que libertam energia.

    2 - As Super Novas só se dão em estrelas gigantes (pouquissimas comparadas com as "normais" em termos de massa) daí a extrema raridade dos elementos mais pesados que o ferro em comparação com os mais leves que este.

    De qualquer modo não deixa de ser interessante que todas as estrelas "normais" cozinhem os elementos mais abundantes nos organismos vivos que conhecemos.

    Interessante também é que não é necessário mais nada que a própria massa do hidrogenio e hélio para começar e continuar tudo isto.


    Isto sim é um milagre!

    ResponderEliminar
  8. Pal,

    Suspeito que tal como eu uma boa parte do seu público não digere com facilidade o discurso “científico” sobre o Grande Estoiro. É certo que prefiro o desbaste entrópico dos serões nacionais pela via da astronomia especulativa do que pela gravidez indesejada de Cinhá (mulher de Rudécio), e nem me importava que um dos canais de TV comprasse a série. Acho é que iria justamente cair no saco dos documentários-maravilha que estão em voga e que as crianças vêem sem fechar a boca: O Poder da Natureza para Trazer Desgraças; As Dez Mordidas Mais Poderosas; O Homem que Para Filmar Tubarões Tem que Ir Para o Meio Deles; A Supernova Que Pariu a Tabela Periódica; etc.
    Isto porque tenho tanto respeito pela ciência com o a Palmira, e pela verdade como o Inspector Varatojo.

    NOTA aos suspeitos de sempre: alguém que por este motivo me acuse de criacionista leva um par de bananos.

    ResponderEliminar
  9. bruce, isso é bem verdade, mas também é reflexo da evolução da televisão de há uns 20 anos para cá. em pequeno via os documentários (incluindo um que era alemão e sobre o corpo humano e que me fascinava com as suas minicâmaras dentro do corpo). com enorme prazer e muitos outros amigos meus, menos fascinados pela ciência que eu, também gostavam dos mesmos. O problema está em ciência mal feita, mal explicada. especificamente, apresentada por gente que tem o entusiasmo de uma criança na ida ao dentista. os programas do david attenborough, que não fazem grandes concessões, continuam a ser populares.

    ResponderEliminar
  10. Brucelose

    Criacionista não direi, mas ...

    PS. Fico á espera das bananas que é uma fruta que gosot muito. Podem ser vários pares que não me importo ...

    ResponderEliminar
  11. A questão da formação das estrelas deve ser examinada criticamente.

    Sobre a mesma teceremos por agora alguns comentários breves, por falta de tempo para mais.

    Em causa está um modelo naturalista de formação das estrelas essencialmente baseado em conjecturas.

    Na verdade, nunca ninguém observou as hipotéticas nuvens de gás primordial que os evolucionistas cósmicos acreditam terem existido no Universo inicial.

    A sua existência permanece uma questão de especulação, e não um facto.

    Além disso, a formação de estrelas da chamada População III, de acordo com o modelo do Big Bang, está muito dependente de pressuposições assentes na noção de matéria negra, largamente conjecturais.

    A existência da População III, contendo as primeiras estrelas, continua por determinar.

    Os mecanismos de colapso gravitacional de nebulosas para a formação de estrelas continuam por explicar, porque as nebulosas tendem para a expansão, e não para a contracção.

    Todas as conjecturas avançadas são “model dependent”. As mesmas não explicam a origem das estrelas. Apenas tentam avançar com modelos plausíveis para a sua formação naturalista. Até agora, os modelos têm falhado.

    A Bíblia diz que Deus, e não processos aleatórios naturalistas, criou as estrelas.

    ResponderEliminar
  12. Boa tarde Jonatas

    Dormiu bem a sesta ?

    Eu não disse que ele aí vinha ...

    ResponderEliminar
  13. Bolas, burro, ignorante e chato!

    E a presunção então é espantosa! Quem lê o Jónatas a refutar toda a ciência actual, a química, físca, astrofísica, biologia, geologia, etc., pergunta-se o que está um "crânio" destes a fazer em Direito :)))

    ResponderEliminar
  14. Admiro este Jonatas, prof. de Direito mas acima de tudo especilaista em: biologia, astronomia, geologia, medicina, história, etc, etc
    Que granda carola ...
    Qualquer dia candidata-se a ser a grande entidade inteligente do seu designio....

    ResponderEliminar
  15. o que é certo é que esse jonatanozinho aparece sempre, está mesmo em todo o lado... querem lá ver que afinal o homem(?) afinal é o...

    ResponderEliminar
  16. Penso que a palavra “alquimistas” utilizada por Palmira não é utilizada por acaso e tem um sentido muito mais profundo.

    Muitos dos cientistas que têm sido convocados para explicar, por exemplo, porque é que os nascimentos das pessoas apresentam regularmente uma certa sincronização com a lua, ou o porquê da lei das séries em neurocirurgia na casuística do rebentamento de aneurismas cerebrais, reconhecem que as interrrelações de causalidade na natureza apresentam um grau de complexidade superior ao poder explicativo da ciência actual.

    A medicina moderna assenta no método experimental proveniente de ciências mais básicas como a Física, a Química e a Biologia. O método experimental é excelente para calcular a dosagem de um medicamento para curar uma doença, mas é pobre para compreender a natureza das interdependências dos fenómenos.

    O cosmos é muito mais profundo do que aquele que o método experimental é capaz de revelar, pelo que reconheço a necessidade de uma cosmologia diferente daquela que a ciência moderna nos tem dado.

    ResponderEliminar
  17. Anónimo:

    Bem, a falar de População III... eheheh muito bom (delicioso).

    Mas não deixa de ter razão quando afirma que não sabemos (ciência) tudo. Ninguém, nunca, o disse. Essa parte já está gasta. Se não se importa pode passar à frente que vamos assumir nos seus futuros comentários que diz isso.

    Mas vamos à formação de estrelas.

    O que lhe sugerem estas imagens?
    1
    2
    3


    Principalmente a última junto do trapézio (a zona central onde se vê 4 estrelas possantes a soprar carradas de energia e matéria e a "limpar" a área). O que lhe sugerem ser os pontinhos luminosos? E as bolsas de gás que se vêm por toda a imagem umas nada brilhantes, outras um cadito, outras bastante e outras deveras? O que tudo isto lhe sugere quando pensa sobre elas? Sei que não está lá para ver mas a luz veio até si limpíssima. Só tem de começar a pensar. Ajuda (muito) se tiver alguns conhecimentos de física. Mas pode não ter nenhuns que nestes casos as imagens falam por si. O senso comum pode ser usado sem problemas.

    Como é que só vemos imagens destas onde existe, nebulosas? Porque não vemos imagens destas onde não existe este tipo de material (hidrogenio, helio e apenas vestigios do resto)?

    Mas pode dizer que este é o método que Deus usa para criar estrelas que a mim não me choca nada afinal é o que vejo.

    ResponderEliminar
  18. Vou tentar outra vez:
    Crentes e Não Crentes estão dispostos a alterar a vossa visão de Deus? Acho que o problema é este, ninguém quer alterar a sua visão de Deus, mas se estiverem dispostos a isso, em vez de se guerrearem, aqui fica um excerto do LIVRO CONVERSAS COM DEUS Vol.3:

    Excerto:
    Quero falar-te de Quem Realmente Sou, em vez do que dizem que Eu sou nas vossas mitologias.
    Quero descrever-te o Meu Ser de forma a que prontamente substituas a mitologia pela cosmologia - a verdadeira cosmologia do Universo, e a sua relação comigo. Dar-te a conhecer a vida, como funciona, e porque funciona assim.
    (...) Quando se sabe essas coisas, pode-se decidir o que se quer rejeitar daquilo que a vossa raça criou.
    Porque esta terceira parte da nossa conversa, este terceiro livro, é sobre a construção de um novo mundo, a criação de uma nova realidade.

    Vivem há demasiado tempo, Meus filhos, numa prisão que vocês próprios criaram. É tempo de se libertarem.

    ResponderEliminar
  19. maria, está a brincar, não está?...

    ResponderEliminar
  20. Depois de 1 jonatas temos 1a maria para mais patetadas! Quem se seguirá?
    lol

    ResponderEliminar
  21. Anónimo:

    e que tal esta:
    (atenção - imagem muito grande)
    aqui

    Todo este material foi expelido pela eta carina a maior (ou talvez a segunda maior) estrela conhecida. Está prestes a explodir (pode ser vista à esquerda da imagem).
    Já expeliu tanto material que está a dar origem a mais uma "carrada" de estrelas.

    Ver a wikipedia para mais info.




    Maria:

    Eu não posso dizer o que digo e acreditar em Deus? Onde está a impossibilidade? Não posso interpretar a Biblia como tendo sido escrita por homens de outros tempos à luz do conhecimento de então? Não posso dizer que o que a cosmologia me diz hoje (ou dirá amanhã) é o que é porque Deus criou assim o Universo?

    Onde não posso concordar é que se interprete os escritos Biblicos de forma literal. "ah não está explicado pela ciência! Logo a interpretação literal da Biblia é que vale"!
    Hum... fraquito, todo o meu ser diz... fraquito.

    Cumpts

    ResponderEliminar
  22. A criação do mundo

    1. Mito dos Pokémon, retirado da net
    No início, havia apenas um. Ele, era muito poderoso. Começou por criar 2 pokémons. Dialga, o Pokémon do Tempo e Palkia, o Pokémon do Espaço. No início, eles não tinham poderes. Ele, o Deus de todos os Pokémons dividiu os seus poderes em dois, metade para Dialga e metade para Palkia. Palkia, avançou primeiro. Criou o Espaço. Começou por criar os Planetas. Depois, achou que os planetas precisavam de um guia. Criou um Sol. Depois, pensou que os planetas ficariam solitários. .....
    2. MITO JAPONÊS (712 E.C.)
    O Início do mundo
    Antes do Céu e da Terra virem à existência, havia o Caos, inimaginavelmente ilimitado e sem forma definida. Por eras e eras a fio: e aí ..., dessa massa sem fronteiras e sem forma emergiu algo leve e transparente e formou o céu. Este algo era a Planície dos Céus Elevados, na qual se materializou uma deidade chamada Ame-no-Minaka-Nushi-no-Mikoto (a Deidade-do-Augusto-Centro-do-Céu).
    Logo depois os Céus deram a luz a uma deidade chamada Takami-Musubi-no-Mikoto (a Elevada-Augusta-Deidade-Produtora-de- Maravilhas), seguida de uma terceira chamada Kammi-Musubi-no-Mikoto (a Divina Deidade-Produtora-de-Maravilhas).Estes três seres divinos foram chamados de As Três Deidades Criadoras.
    Enquanto isto, o que era pesado e opaco neste vazio gradualmente se precipitou e se transformou na terra, mas levou um tempo imensamente longo para se condensar suficientemente e formar um solo sólido. Em seu estágio primordial, por milhões e milhões de anos, a terra se assemelhava a uma mancha de óleo flutuante, como uma água-marinha na superfície da água. De repente, como que jorrando por um tubo, dois seres imortais nasceram de suas entranhas. Eles eram a Deidade Umashi-Ashi-Kahibi-Hikoji-no-Mikoto (a Deidade-Príncipe-Primogênito-do-Agradável-Jorro-doTubo) e a DeidadeAme-no-Tokotachi-no-Mikoto (a Deidade-Celestial-Eternamente-Pronta)...

    3. Génesis (Mito judaico/cristão)

    No princípio criou Deus os céus e a terra.
    2 E a terra era sem forma e vazia; e havia trevas sobre a face do abismo; e o Espírito de Deus se movia sobre a face das águas.
    3 E disse Deus: Haja luz; e houve luz.
    4 E viu Deus que era boa a luz; e fez Deus separaçäo entre a luz e as trevas.
    5 E Deus chamou à luz Dia; e às trevas chamou Noite. E foi a tarde e a manhä, o dia primeiro.
    6 E disse Deus: Haja uma expansäo no meio das águas, e haja separaçäo entre águas e águas.
    7 E fez Deus a expansäo, e fez separaçäo entre as águas que estavam debaixo da expansäo e as águas que estavam sobre a expansäo; e assim foi.
    8 E chamou Deus à expansäo Céus, e foi a tarde e a manhä, o dia segundo.
    9 E disse Deus: Ajuntem-se as águas debaixo dos céus num lugar; e apareça a porçäo seca; e assim foi.
    10 E chamou Deus à porçäo seca Terra; e ao ajuntamento das águas chamou Mares; e viu Deus que era bom.
    .......
    5. Mito Egípcio
    Antes de todas as coisas não havia senão trevas e “água primordial”, o Nun (oceano à semelhança do Nilo que continha todos os germes da vida).
    Surgiu o senhor todo-poderoso Atum, que se criou a si próprio a partir do Num, por ter pronunciado o seu próprio nome, depois teve 2 gémeos, um filho Chu (que representava o ar seco) e uma filha Tefnut (ar húmido). Estes separaram o céu das águas e geraram Geb – a terra seca e Nut – o céu.

    6. Mito Grego

    Para os Gregos, o início da criação era o Caos, e este gerou Érebo (a parte mais profunda dos infernos) e Nyx (a noite). Estes fizeram nascer Éter (o ar) e Hémera ( o dia).
    Depois Gaia (terra) tornou-se a base em que todas as vidas têm a sua origem. Úrano (céu) casou-se com Gaia (terra). Todas as criaturas provêm desta união do céu e da terra (titãs, deuses, homens).
    7 . Outro mito de entre as muitas dezenas que a humanidade produzio

    Escolha um, ou pode pode optar pela visão da ciência o BigBang nas suas diferentes interpretações, e com base estudos, observações, experimentação.

    ResponderEliminar
  23. JSA - Não não estou a brincar. Já leu o livro? Ainda que não acredite que o autor teve de facto uma conversa com Deus (também nada garante que os antigos a tenham tido para escrever a bíblia), tem lá material para pensar.

    Hugo - Por isso mesmo, por não aceitar os textos bíblicos de forma literal, a proposta de leitura que fiz pode trazer-lhe algumas surpresas.

    ResponderEliminar
  24. O Big Bang supostamente produziu 3 elementos químicos... O ser humano tem 64 elementos químicos... As estrelas deram-nos os 61 elementos que faltavam... metem-se uns milhões de anos "et voilà", eis o ser humano!... haja fé para acreditar nisto

    ResponderEliminar
  25. maria, não preciso de ler livros de alguém que ou está iludido ou está a tentar enganar os leitores para pensar, muito obrigado. também vejo os textos bíblicos como ilusões ou mentiras, por isso vai tudo dar ao mesmo.

    ResponderEliminar
  26. Quanto ao vídeo, vi-o finalmente (em casa é que tenho som no computador) e não o achei nada de especial. É apenas meio caminho entre os documentários-espectáculo e os documentários a sério. Aliás, o "som" da explosão da supernova é um exemplo. O tal documentário não dá realmente uma explicação decente sobre como se formam os elementos, porquê aquela ordem, porque razão o ferro não é consumido (já o sabia e foi explicado aí acima), etc. Concentra toda aquela informação na lenga-lenga dos cientistas a contar elementos. Sinceramente, para mim, isso nem é ciência nem divulgação da mesma.

    ResponderEliminar
  27. jsa - tenho pena mas está no seu direito e respeito que assim seja.

    ResponderEliminar
  28. francisco, é um facto que as estrelas e as suas explosões são a origem dos átomos...

    não é preciso fé, basta uma formação cientifica e alguns instrumentos cientificos (um bom telescópio e alguns espectrometros)

    como o ser humano é feito de atomos, é logico dizer que somos poeira de estrelas!

    a não ser que a sua fé não lhe permita saber que somos feitos de atomos...

    ResponderEliminar
  29. Mario Jardel, com certeza que há formação de átomos nas estrelas, eu próprio me interesso também pela espectroscopia.

    Mas não vejo razão para acreditar em algo como átomos serem atraídos de estrelas, para se juntarem 61 elementos aos 3 supostamente formados num pressuposto Big Bang, para daí se juntarem numa complexidade enorme e darem um ser humano... bom, para se chegar a tal conclusão é mesmo preciso querer negar-se a todo o custo a acção de Alguém com poder criativo.

    ResponderEliminar
  30. Caro Francisco: não será um pouco prematuro recusar uma teoria quando, aham, digamos, nem sequer a consegue sintetizar numa frase coerente?

    ResponderEliminar
  31. Eu, se um dia mudar de religião e tiver de usar um mito da Criação, irei escrevê-lo numa língua civilizada e o início será assim:

    The Creation of the Computer


    In the beginning there was the computer.
    And God said,
    c:\>Let there be light
    Enter user id.
    Enter password.
    c:\>Omniscient
    Password incorrect. Try again.
    c:\>Omnipotent
    Password incorrect. Try again.
    c:\>Technocrat
    And God logged on at 12:01:00 AM, Sunday, October 22.
    c:\>Let there be light
    Unrecognizable command. Try again.
    c:\>Create light
    Done
    c:\>Run heaven and earth
    And God created Day and Night. And God saw there were 0 errors.
    And God logged off at 12:02:00 AM, Sunday, October 22.

    And God logged on at 12:01:00 AM, Monday, October 23.
    c:\>Let there be firmament in the midst of water and light
    Unrecognizable command. Try again.
    c:\>Create firmament
    Done.
    c:\>Run firmament
    And God divided the waters. And God saw there were 0 errors.
    And God logged off at 12:02:00 AM, Monday, October 23.

    And God logged on at 12:01:00 AM, Tuesday, October 24.
    c:\>Let the waters under heaven be gathered together unto one place and let
    the dry land appear and...
    Too many characters in specification string. Try again.
    c:\>Create dry_land
    Done.
    c:\>Run firmament
    And God divided the waters. And God saw there were 0 errors.
    And God logged off at 12:02:00 AM, Tuesday, October 24.

    And God logged on at 12:01:00 AM, Wednesday, October 25.
    c:\>Create lights in the firmament to divide the day from the night
    Unspecified type. Try again.
    c:\>Create sun_moon_stars
    Done
    c:\>Run sun_moon_stars
    And God divided the waters. And God saw there were 0 errors.
    And God logged off at 12:02:00 AM, Wednesday, October 25.

    And God logged on at 12:01:00 AM, Thursday, October 26.
    c:\>Create fish
    Done
    c:\>Create fowl
    Done
    c:\>Run fish, fowl
    And God created the great sea monsters and every living creature that
    creepeth wherewith the waters swarmed after its kind and every winged fowl
    after its kind. And God saw there were 0 errors.

    And God logged on at 12:01:00 AM, Friday, October 27.
    c:\>Create cattle
    Done
    c:\>Create creepy_things
    Done
    c:\>Now let us make man in our image
    Unspecified type. Try again.
    c:\>Create man
    Done
    c:\>Be fruitful and multiply and replenish the earth and subdue it and have
    dominion over the fish of the sea and over the fowl of the air and over
    every living thing that creepeth upon the earth
    Too many command operands. Try again.
    c:\>Run multiplication
    Execution terminated. 6 errors.
    c:\>Insert breath
    Done
    c:\>Run multiplication
    Execution terminated. 5 errors.
    c:\>Move man to Garden of Eden
    File Garden of Eden does not exist.
    c:\>Create Garden.edn
    Done
    c:\>Move man to Garden.edn
    Done
    c:\>Run multiplication
    Execution terminated. 4 errors.
    c:\>Copy woman from man
    Done
    c:\>Run multiplication
    Execution terminated. 2 errors.
    c:\>Create desire
    Done
    c:\>Run multiplication
    And God saw man and woman being fruitful and multiplying in Garden.edn
    Warning: No time limit on this run. 1 errors.
    c:\>Create freewill
    Done
    c:\>Run freewill
    And God saw man and woman being fruitful and multiplying in Garden.edn
    Warning: No time limit on this run. 1 errors.
    c:\>Undo desire
    Desire cannot be undone once freewill is created.
    c:\>Destroy freewill
    Freewill is an inaccessible file and cannot be destroyed.
    Enter replacement, cancel, or ask for help.
    c:\>Help
    Desire cannot be undone once freewill is created.
    Freewill is an inaccessible file and cannot be destroyed.
    Enter replacement, cancel, or ask for help.
    c:\>Create tree_of_knowledge
    And God saw man and woman being fruitful and multiplying in Garden.edn
    Warning: No time limit on this run. 1 errors.
    c:\>Create good, evil
    Done
    c:\>Activate evil
    And God saw he had created shame.
    Warning system error in sector E95. Man and woman not in Garden.edn.
    1 errors.
    c:\>Scan Garden.edn for man, woman
    Search failed.
    c:\>Delete shame
    Shame cannot be deleted once evil has been activated.
    c:\>Destroy freewill
    Freewill is an inaccessible file and cannot be destroyed.
    Enter replacement, cancel, or ask for help.
    c:\>Stop
    Unrecognisable command. Try again
    c:\>Break
    c:\>Break
    c:\>Break
    ATTENTION ALL USERS *** ATTENTION ALL USERS:
    COMPUTER GOING DOWN FOR REGULAR DAY OF
    MAINTENANCE AND RESET IN FIVE MINUTES. PLEASE LOG OFF.
    c:\>Create new world
    You have exceeded your allocated file space. You must destroy old files
    before new ones can be created.
    c:\>Destroy earth
    Destroy earth: Please confirm.
    c:\>Destroy earth confirmed
    COMPUTER DOWN *** COMPUTER DOWN.
    SERVICES WILL RESUME SUNDAY, October 27 AT 6:00 AM.
    YOU MUST SIGN OFF NOW.

    And God logged off at 11:59:59 PM, Friday, October 28.

    ResponderEliminar
  32. O comentário anterior é dedicado à jonataria barata que aqui escreve uns textos manhosos mas muito divertidos...

    ResponderEliminar
  33. Caro Fernando,

    Lindo!
    Agora aguarde um CTRL+ALT+DEL como castigo pela sua heresia!!

    :-)

    Luís Azevedo Rodrigues

    ResponderEliminar
  34. Francisco, claro que faz muito mais sentido acreditar que um tal ser todo poderoso, do qual não há a mais pequena réstia de evidência, decidiu um dia criar um universo do nada, torná-lo no que é hoje, juntar-lhe uns seres humanos e desaparecer da imagem. A hipótese alternativa, que até encontra explicações de diversos tipos, é bastante mais difícil de acreditar. Especialmente quando exige estudos e concentração por oposição a dizer "é vontade de Deus". Realmente o seu mundo é muito mais fácil...

    ResponderEliminar
  35. Fernando Martins

    Muito,muito bom!

    Humor faz falta neste espaço.

    Cumpts

    ResponderEliminar

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.