domingo, 14 de setembro de 2008

EM DEFESA DA CIÊNCIA

Ainda a propósito de Sarah Palin: O jornal "New York Times" de 9 de Setembro publicou um extenso anúncio da iniciativa "Em Defesa da Ciência", com excertos de uma declaração que foi assinada por mais de duas mil pessoas, principalmente cientistas e professores de ciência (entre os quais 14 Prémios Nobel e 100 membros da Academia Nacional das Ciências):

Traduzo o início. O resto pode ser lido aqui.

"Hoje, nos Estados Unidos, a ciência, como ciência, está sob um ataque como nunca foi visto.

Os sinais estão por todo o lado. Os ataques chegam a um ritmo acelerado, e incluem frequentes intervenções por forças poderosas, dentro e fora da administração Bush, que parecem muito dispostas a negar todas as verdades científicas, perturbar investigações científicas, bloquear o progresso científico, minar a educação científica, e sacrificar a própria integridade do processo científico - todas procurando concretizar a sua agenda política particular. E hoje esta agenda política dominante está profundamente aliada e entrelaçada com uma agenda ideológica extremista (e extremamente anti-científica) apresentada por poderosas forças religiosas fundamentalistas vulgarmente conhecidas por direita religiosa. Estes fundamentalistas detêm hoje uma ampla influência e representação nas principais instituições do governo dos Estados Unidos, incluindo a Casa Branca e o Congresso. Isto chega para explicar por que razão a ciência está a sofrer um tal ataque sem precedentes
."


Sem comentários:

Enviar um comentário

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.