sexta-feira, 9 de dezembro de 2022

A GLÓRIA CONSPURCADA

Amanhã, estaremos todos mortos,
mortos e, provavelmente, esquecidos,
porque os futuros estarão absortos
com os novos génios aparecidos.

Mas, no fogacho que é o presente,
preferir a grandeza da coragem,
à glória lamacenta e contingente,
dá outro brilho e gosto à viagem!

Um gesto que seja inútil, mas belo,
vale todas as medalhas e prémios:
ele vem de um grande e puro anelo,

que rejeita sinecuras e grémios.
Que o presente dure pouco, mas limpo,
dando a poucos um merecido Olimpo!

Eugénio Lisboa

Sem comentários:

Enviar um comentário

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.

MAIS RECHERCHE DE MAIS TEMPS PERDU

(NUM DIA DE PÁSCOA, EM MOÇAMBIQUE)  Quando era Páscoa, em Moçambique,  eu lia NOTRE DAME DE PARIS  e achava a matemática chique: que belos e...