segunda-feira, 28 de novembro de 2022

PERPETUAR UM GRANDE ESCRITOR

Ao CENTRO DE ESTUDOS REGIANOS

Celebrar quem foi um grande escritor
é apenas lembrar e agradecer
o prazer que nos deu o seu fulgor, 
o seu facho, na escuridão, a arder:

para, com muita dor, nos ensinar
a sedução que existe nos abismos
e, também, como saber procurar
a verdade, fora dos catecismos!

A grandeza sempre inquietou
e, não poucas vezes, dela afastou
os que mais saberiam preservá-la.

Por isso, às vezes, o futuro cala
grandes vozes que já se ouviram
e tão fundamente repercutiram!

Eugénio Lisboa
________________
Soneto lido no dia 26 deste mês, no Centro de Estudos Regianos, em Vila do Conde, no momento em que ali se assinalavam os 25 anos da sua existência

Sem comentários:

A ESCOLA PÚBLICA, 50 ANOS DEPOIS DA LIBERDADE, EM DEMOCRACIA

Escrevi, há dias, que a luta dos professores, numa intensidade nunca vista, com grande destaque no passado ano de 2023, trouxe ao de cima a ...