segunda-feira, 21 de novembro de 2022

O ÁLVARO DE CAMPOS NÃO SABIA O QUE ERA LEVAR PORRADA

O Álvaro de Campos descobriu
nunca haver descoberto ninguém 
que tivesse levado porrada. Viu
que, porrada, só ele e mais ninguém.

Com desprezo, olhou à sua volta
e só viu gente porreira e intacta.
Mas esta conversa ligeira e solta
só deixa a gente d’hoje estupefacta!

Renascesse e fosse ver a Ucrânia,
e veria o que é levar porrada,
da dura, como era na Germânia.

Porrada que deixa a gente cagada,
estropiada ou morta, só na guerra,
onde morto nem sempre se enterra!

Eugénio Lisboa

1 comentário:

Anónimo disse...

Gosto de poemas elegantes como este.

A ESTUPIDEZ REVISITADA

A estupidez é a mercadoria mais bem distribuída deste mundo: ela veste-se de demagogia ou do que quer que seja de imundo. A estupidez é...