quarta-feira, 30 de maio de 2007

ECSITE - UM EXCITANTE ENCONTRO


Informação recebida do "Ciência Viva":

Pavilhão do Conhecimento - Ciência Viva | 29 de Maio de 2007

Lisboa recebe ECSITE, a maior conferência europeia de Museus e Centros de Ciência

Cerca de 900 participantes de centros de ciência europeus e do resto do mundo vão estar em Portugal a partir da próxima quinta-feira, dia 31, e até dia 2 de Junho, para a 18.ª edição do ECSITE - European Collaborative for Science, Industry and Technology Exhibitions.

A conferência deste ano é co-organizada pelo Pavilhão do Conhecimento - Ciência Viva e decorrerá no Centro de Congressos de Lisboa, em Belém.

O ECSITE é uma organização sem fins lucrativos que representa os centros de ciência e tecnologia de toda a Europa e que tem como principal objectivo unir esforços entre instituições na divulgação científica e tecnológica.

Na edição deste ano actualizar-se-á a discussão sobre quais as melhores práticas para envolver os cidadãos com a ciência e a sua divulgação, aproximar os centros de ciência das escolas, captar novos públicos e promover a interacção entre a comunidade científica e a sociedade civil.

O programa de trabalho dividir-se-á por sete salas onde vão decorrer, em simultâneo, conferências, sessões de trabalho, workshops e apresentações de projectos europeus, num total de 280 palestrantes.

A par do programa de conferências, haverá ainda tempo para um diversificado programa social, que inclui um jantar de gala à volta da cozinha molecular, servido pelo chefe Luís Baena no espaço do Convento do Beato, e uma Farewell Party, no típico bairro de Alfama.

O Pavilhão do Conhecimento, como anfitrião, oferecerá uma noite especial ("Nocturno") aos participantes da conferência, que inclui um jantar servido nas áreas expositivas.

Programa completo em www.ecsite-conference.net

Sem comentários:

Enviar um comentário

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.