sexta-feira, 15 de junho de 2007

Vale a pena ler

O Presidente da República Bernardino Machado foi também um cientista e Professor de Antropologia. Saiu agora um livro sobre a sua obra científica. Trancrevemos informação da editora:

PRINCÍPIOS DE ANTROPOLOGIA
EM BERNARDINO MACHADO
Joaquim Lima, Campo das Letras, 2007

Prefácio de Guilherme d’Oliveira Martins

Os "Princípios de Antropologia" são importantes inéditos que nos desvendam alguns segredos de Bernardino Machado cientista e os primeiros passos do ensino da Antropologia em Portugal, onde é marcante a influência da antropologia física da escola francesa. O contributo filosófico e antropológico de Bernardino Machado, mais do que uma ruptura epistemológica, é a afirmação de um novo espírito científico, símbolo da transformação mental e social que percorreu Portugal nos finais do século XIX.

Os "Princípios de Antropologia de Bernardino Machado", agora tornados públicos nesta edição, são uma obra imprescindível para conhecermos os caminhos do autor enquanto cientista, alicerçados durante os trinta anos da sua carreira académica na Universidade de Coimbra (1877-1907), mas também para desvendarmos os primórdios do desenvolvimento científico em Portugal.

Sobre o autor:

Joaquim Lima nasceu em 1951 na freguesia de Joane, V. N. Famalicão.
É licenciado em Filosofia pela Universidade do Porto, tendo concluído a Pós-graduação e o Mestrado sobre "Filosofia em Portugal e Cultura Portuguesa" na Universidade do Minho. É Professor na Escola Bernardino Machado.

Sem comentários:

Publicar um comentário

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.