quarta-feira, 5 de novembro de 2008

A VITÓRIA DAS MOSCAS DA FRUTA


Ricardo Araújo Pereira hoje na TSF:

"Hoje é um grande dia para as moscas da fruta, que agora poderão ser estudadas como merecem".

9 comentários:

  1. ...em contra partida é um mau dia para outro tipo de moscas mais inuteis...

    ResponderEliminar
  2. Bem, eu não diria que as moscas, sejam quais forem, tenham motivos para comemorar - já os pesquisadores e todos os que se beneficiam da Ciência (ou seja, todo mundo), esses sim tem motivos ainda que alguns não saibam disso...

    ResponderEliminar
  3. Esperemos que no fim restem mais do que moscas da fruta para contar a História...

    ResponderEliminar
  4. Só espero que o indonénio-queniano-americano não seja um cripto-alcaideano...

    Por aqueles lados festeja-se bastante o evento...

    A História às vezes prega surpresas...

    ResponderEliminar
  5. Esperemos que não seja caso para dizer que, "mudaram as moscas ....

    ResponderEliminar
  6. Não percebi muito bem todos os motivos de festejo. Por ele ser de uma cor não-branca é que é sinónimo de diferença? Sem dúvida, mas só na cor. Menos festejos e mais calma. Esperemos para ver os frutos de tão bonitas palavras. É que, pelo que eu tenho visto, todos os os políticos são muito bons... a falar bem e a fazer pouco. Mas não generalizemos. Temperança: para não cairmos no erro de criticar a pessoa pela sua cor e pela sua profissão ( político) ; e por não pensar que ele irá fazer "milagres".

    ResponderEliminar
  7. Podem estudar as moscas da fruta à vontade, mas lembrem-se de uma coisa: todos os estudos têm demonstrado que moscas dão sempre moscas.

    Em caso algum assistimos ao surgimento de informação genética nova, codificadora de estruturas e funções inovadoras e mais complexas.

    Apesar das taxas de especiação rápida observadas, as moscas dão sempre moscas.

    Apesar de algumas mutações terem efeitos benéficos, as moscas dão sempre moscas.

    Apesar de algumas mutações fazerem crescer patas onde deveria crescer antenas (criando monstros) as moscas dão sempre moscas.

    Se alguma coisa os estudos das moscas da fruta confirmam é: os seres vivos reproduzem-se de acordo com as suas espécies.

    Espécies menos complexas não dão lugar a espécies mais complexas.

    Se a melhor evidência a favor da evolução é a de que moscas dão moscas (ou gaivotas dão gaivotas, como lembra o Ludwig Krippahl), então a teoria da evolução tem mesmo problemas.

    ResponderEliminar
  8. E no seguimento da exposição do perspectiva, atrevo-me a adicionar o seguinte:
    # 1 lata de leite condensado
    # 1 colher de sopa de margarina sem sal
    # 4 colheres de sopa de chocolate em pó
    # chocolate granulado para fazer bolinhas
    1- Coloque numa panela funda o leite condensado, a margarina e o chocolate em pó
    2- Cozinhe em fogo médio e mexa sem parar com uma colher de pau
    3- Cozinhe até que o brigadeiro comece a desgrudar da panela
    4- Deixe esfriar bem, então unte as mãos com margarina, faça as bolinhas e envolva-as em chocolate granulado.

    Brigadeiros sempre deram brigadeiros. Ou isso ou nódoas na toalha.

    ResponderEliminar
  9. noa procura comentarios e opinioea e sim coisas comcretas e verdadeira

    ResponderEliminar

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.