segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Ver Melhor Tão Longe e Tão Perto


Apontamento do bioquímico António Piedade:

A semana que passou desvendou-nos avanços no conhecimento científico e tecnológico resultantes da nossa capacidade de ver muito para além daquilo que o nosso sentido da visão permite.

Foi notícia a identificação e confirmação de um sistema solar semelhante ao nosso, com sete planetas a orbitar em torno da estrela HD 10180, a cerca de “só” 127 anos-luz de distância, na constelação da Hidra visível no hemisfério Sul (ver aqui).

Foi publicado na revista “Science” um próximo sub-microscópio com resolução nanométrica do adenovírus, vírus com ADN que nos causa doenças nas vias respiratórias. Esta resolução de 3,5 Ångström permite segundo os autores mapear nunca como dantes as relações moleculares entre os distintos constituintes do vírus, abrindo assim novas portas para o conhecimento fino do seu ciclo viral, assim como para a detecção e desenvolvimento de novas alvos e estratégias terapêuticas contra esta família de vírus ( aqui).

Os olhos são epicentros do nosso sistema de visão e logo da nossa capacidade em observarmos o mundo que nos rodeia. Também por isso, realço uma notícia importante para a visão e que foi a publicada na revista “Science Translational Medicine”. No último número são apresentados os resultados obtidos nos ensaios clínicos de fase 1 de aplicação de uma córnea biossintética e suas potencialidades como alternativa à substituição da correspondente estrutura ocular natural, na falta de dadores humanos. (aqui).

António Piedade

1 comentário:

  1. Para os Poetas... não há longe nem perto: tudo está dentro! JCN

    ResponderEliminar

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.