domingo, 11 de setembro de 2022

ARRIGO BEYLE, MILANESE

Utilizava o nome de Stendhal
este grande escritor francês:
concebeu a Senhora de Rênal,
que nos ofertou, entre outras mercês.

Foi sempre apaixonado e ousado,
desprezando o cálculo gaulês:
amou sempre com amor desvairado,
ignorando barreiras e porquês!

Na Sanseverina, ele inventou
a entrega absoluta do amor:
este amor proibido ele sublimou

à temperatura que pede o fervor.
Soube dar ao estatuto da mulher
a aura que uma deusa requer.

Eugénio Lisboa

Sem comentários:

Enviar um comentário

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.

Que sei eu do teu sorriso, Do teu sorriso tão sincero?! Que sei eu do que quero, Do que quero e preciso?! Com desespero, queria Qu...