quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

ENCONTRO SOBRE HISTÓRIA DA CIÊNCIA NO ENSINO


iNFORMAÇÃO RECEBIDA DA UTAD - UNIVERSIDADE DE TRÁS OS MONTES E ALTO DOURO:

 ENCONTRO SOBRE HISTÓRIA DA CIÊNCIA NO ENSINO (VILA REAL)

"A ideia de que a História das Ciências deve constituir uma dimensão indispensável na educação dos jovens e que, portanto, deve ser integrada nos currículos de ciências e no ensino das ciências constituiu uma problemática ao longo do século XX. Este movimento reuniu um largo consenso entre investigadores no domínio da educação em ciências que apontaram como argumentos, entre outros, que a História das Ciências promove uma melhor compreensão dos conceitos e métodos científicos e que pode ajudar o professor a antecipar conceções perfilhadas pelos alunos.

Em Portugal, a reforma ou reorganização ocorrida nos currículos de ciências levou à introdução de referências relativas a questões históricas, filosóficas, éticas e culturais, o que coloca novos desafios aos professores e novos desafios para a sua formação. Enfrentar estes desafios exige considerar estratégias de formação de professores de sentido inovador, seja a nível da formação inicial ou da formação contínua. Nos últimos anos algumas universidades portuguesas que formam professores integraram, nos planos de estudos de alguns dos cursos de formação de professores de ciências, disciplinas de História e/ ou Filosofia das Ciências. No entanto, a nível da formação contínua, pouco tem sido feito. A situação é tanto mais preocupante quando pensamos que a maioria, dos atuais professores de ciências, não teve acesso, durante a formação inicial, a este tipo de conhecimento.

Torna-se, por isso, indispensável criar oportunidades para que os atuais professores refletiam sobre as possíveis utilizações da História das Ciências em contextos específicos, como os da planificação e avaliação e a apliquem na sua prática de ensino.

Tendo por base estes pressupostos, propomos a realização deste evento, que visa essencialmente contribuir para a reflexão sobre a utilização da História da ciência no ensino"

Sem comentários:

Enviar um comentário

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.