segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

David Marçal ao Jornal de Negócios


Entrevista de Lúcia Crespo ao Negócios de  1 de Janeiro (o texto todo só está acessível para assinantes, aqui):

"Há uns anos, dezenas de mulheres em São Bartolomeu de Messines tiraram as roupas para fazer uma alegada mamografia por satélite. As senhoras haviam sido persuadidas por uma suposta médica. O episódio é recordado pelo cientista David Marçal, autor do livro "Pseudociência", editado pela Fundação Francisco Manuel dos Santos. Nesta obra, o autor desconstrói discursos alegadamente científicos, que tendem a recorrer a figuras de autoridade. David Marçal fala também na "ditadura do engraçadismo". "Não interessa se é mesmo verdade, interessa é que é mesmo muito engraçado. Então, temos notícias do tipo: 'o tango é a melhor dança para o coração' ou 'os homens que cuidam dos filhos têm os testículos mais pequenos'". Doutorado em Bioquímica pela Universidade Nova de Lisboa, David Marçal manteve, desde sempre, um pé na comunicação de ciência, escreveu textos de humor sobre temas científicos, é coordenador dos Cientistas de Pé, um grupo de "stand-up comedy" com cientistas, e é co-autor, com o físico Carlos Fiolhais, de livros como "Darwin aos tiros e outras histórias".
Quanto tinha dez anos, parti um braço. Por altura do Natal, de braço engessado, recebi uma caixa de experiências de química e fiquei muito entusiasmado, mas tinha de ter as duas mãos livres para usar o brinquedo..."

1 comentário:

  1. 'os homens que cuidam dos filhos têm os testículos mais pequenos' foi de facto publicado na PNAS. É um paper notável...

    ResponderEliminar

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.