terça-feira, 1 de julho de 2014

AUGUSTO SANTOS SILVA: VAMOS INDIGNAR-NOS?

Transcrito, com a devida vénia, da página de facebook de Augusto Santos Silva:

Acabo de saber que o CIES (Centro de Investigações e Estudos de Sociologia) do ISCTE não passou na primeira fase de avaliação da FCT (isto é, foi excluído do financiamento base). E estou completamente aparvalhado:

1. Não tenho a certeza de que o CIES seja o melhor centro de investigação em sociologia em Portugal. É sempre difícil e, na minha opinião, sem muito sentido, fazer rankings de um a N de coisas que são complexas, dinâmicas e não inteiramente comparáveis umas com as outras. Mas tenho a certeza de que é dos melhores, de que está no primeiro nível de todos os que existem (por exemplo, bem acima do centro a que pessoalmente pertenço, e que passou nessa primeira fase).

2. Estão no CIES muitos dos melhores investigadores, é no CIES que têm lugar muitos dos melhores projetos, a revista e a editora ligadas ao CIES são das melhores que temos, o seu programa de doutoramento está ao melhor nível. O CIES tem sido pioneiro e líder na internacionalização das ciências sociais que se praticam em Portugal.

3. É impossível não perceber isto olhando para a história e o presente do CIES.

4. Portanto, ou os avaliadores são de uma ignorância absoluta, ou os avaliadores receberam explícita ou implicatamente alguma diretiva para ceifar (ceifar sim, é disso que se trata) a sociologia teoricamente pluralista em e sobre Portugal.

5. Ou ambas as coisas. Ou a ignorância absoluta dos avaliadores foi instrumental para a operação montada. Não sei, não sei ainda. Mas precisamos de saber, ou não, caras e caros Colegas? Vamos mexer-nos? Vamos indignar-nos? Vamos perguntar, em voz alta, sem medo, coletivamente?

5 comentários:

  1. Não basta a indignação é necessário agir.
    cc
    J P Fróis

    ResponderEliminar
  2. Depois da sociologia, a filosofia, depois destas virá a história! Tudo disciplinas das ciências humanas, tudo áreas que ajudam a pensar! Ainda estão recordados da ideia da extinção da filosofia e da história no secundário? Eles não perdem tempo! Querem é autómatos que executem, mas não pensem, porque para decidir o que é melhor para nós, estão cá eles, os políticos, os iluminados, detentores da verdade suprema!

    ResponderEliminar
  3. É a política da terra queimada, em todas as áreas transversalmente

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vejam o que aconteceu às unidades de estudos artísticos, quase todas varridas na 1ª fase por um painel completamente desadequado.

      Eliminar

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.