terça-feira, 11 de agosto de 2009

O NOVO SOCIALISMO?

A revista "Wired" de Julho (nova edição britânica) contém o artigo de Kevin Kelly intitulado "The New Socialism", que começa assim:

"Wikipedia, Flickr and Twitter aren't just revolutions in online social media. They're the vanguard of a new cultural movement. Forget about state ownership and five-year plans. A global collectivism society is coming - and, this time round, you're going to like it".

O paralelismo entre o velho e o novo socialismo é resumido num quadro:

"The old socialism / The new socialism

Authority centralized among elite pressionals / Power distributed among ad hoc participants

Limited resources dispensed by the state / Unlimited free cloud computing

Forced labour in government factories / Volunteer group work à la Wikipedia

Property owned in common / Sharing protected by Creative Commons

Government controlled information / Real-time twitter and RSS feeds

Harsh penalties for criticizing leaders / Passionate views in sites like the Huffington Post."

O texto completo encontra-se aqui.

4 comentários:

  1. Se não há semelhança entre um lado do quadro e o outro (um descreve ideologia política, o outro descreve efeitos de rede de informação global), porque escolheu o autor "reabilitar" o conceito de socialismo? A explicação «there are no unsoiled terms available, so we might as well redeem this one» não satisfaz.

    ResponderEliminar
  2. Que estranho!
    As características do "novo socialismo" coincidem ipsis verbis com aquilo que se conhece por liberalismo.

    Eis a razão pela qual há tantos socialistas. Se se pode nomear como "socialismo" aquilo que nos agrada, então tudo o que é bom é socialismo e tudo o que é mau é "mau" ou "velho" socialismo.

    Agora entendo porque razão há tempos o Daniel Oliveira chamava à Dinamarca um país socialista...apesar de ser uma das economias mais livres do mundo e ter na altura como 1º ministro um liberal da velha cepa, que até escreveu um livro intitulado " Do Estado Social ao Estado Mínimo".
    Não há que ver...se a coisa funciona e parece bem, baptiza-se de "socialismo".
    Se funciona mal, deixa de ser socialismo e passa a ser outra coisa qualquer...

    ResponderEliminar
  3. Duras penalizações para quem critica os dirigentes? (Risos)
    O socialismo pode ou não ser despotismo, tal como o neo-liberalismo.

    ResponderEliminar

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.