sexta-feira, 27 de janeiro de 2023

SIT TIBI TERRA LEVIS

A estupidez coloca-se na primeira fila, para ser vista; 
a inteligência coloca-se na retaguarda, para ver. 
Bertrand Russell

A estupidez humana é infinita,
dizia-o um grande cientista.
Ela é-o, mesmo se erudita,
narcisista, fascista ou masoquista.

Ela não muda de opinião,
porque isso é sempre doloroso:
é bem mais fácil ter sempre razão,
ainda que tê-la seja merdoso.

A teimosia é o condimento
que é mais presente na composição
da estupidez: não paga emolumento

e levanta-se, se dá tropeção.
O teimoso nunca percebe nada,
mas anda sempre erecto na parada!

Eugénio Lisboa

10 comentários:

Anónimo disse...

Quando me enviarem para a frente de combate vou perguntar porque é que eu tenho de ir e o filho do Eugénio Lisboa não.
Alguém me dirá: porque tu és estupido e ele é inteligente.
Assim, Tu estupido ficas na primeira fila, e vais para o abate e ele inteligente fica para cá para ver.

Anónimo disse...

Esclareço:
Ela é narcisista, fascista, egoísta, teimosa, estúpida, sempre em pé e merdosa. Não quero que ninguém fique com dúvidas.

Anónimo disse...

Ah! E o carocho ou rato bravo que queira casar com a Carochinha que vá ele para a cozinha, que varra o chão, que ganhe o tostão e que caia no caldeirão!

Anónimo disse...

Que eu quero lá saber!

Anónimo disse...

O inteligente é cobarde!

Anónimo disse...

Quando estive a lecionar adolescentes delinquentes, havia sempre um líder pela negativa que obrigava os outros a roubar, ficava com os lucros e nunca era preso. O inteligente! Mas estavam TODOS lá dentro!

Anónimo disse...

Os menores.

Anónimo disse...

O Eugénio Lisboa diz asneiras, insulta e tem os dentes tortos. Ninguém o leva preso porque já lá está dentro e não vale a pena dar-lhe corretivos! Sofre de delinquência juvenil. Inteligente, talentoso, mas não vale um chavo. Havia de ser meu aluno...

El Toupeira disse...

Eu percebi.

Anónimo disse...

Este anónimo das 8.30, ressumando ressentimento e ideologia assanhada, apenas demonstra como vale a pena escrever o soneto que escrevi. A diferença entre mim e ele é que eu assino o que escrevo. Descartes estava enganado: o bom senso não é a mercadoria mais bem distribuída do mundo: a mercadoria que mais abunda e mais bem distribuída se acha é a estupidez. quanto a ser seu aluno, nem a brincar. Se o Anónimo é professor, a pena que eu tenho dos seus alunos, que têm, por professor, alguém que odeia o espírito livre, se orienta por catecismos ideológicos e tem por prisão a liberdade de pensar dos outros! Sempre, abertamente, combati o Estado Novo, mas não combati uma ditadura para, logo a seguir, entrar noutra. Seria como saltar da frigideira para o lume. Se o Anónimo gosta, coma do que gosta. E, já agora, falando de insultos, não fui eu quem insultou. Os insultos são ensinados nos seus catecismos e não frequentam os meus livros de filosofia.. (Falar de estupidez não é insultar: é falar de algo que se opõe à inteligência: é caracterizar.)
Eugénio Lisboa
Eugénio Lisboa

LITORAL

Por A. Galopim de Carvalho Uma definição de litoral deu-a Luis de Camões que, para além do grande poeta, foi homem de muitos saberes, com de...