sábado, 14 de janeiro de 2023

O beijo guarda-te em mim

O beijo guarda-te em mim.
As minhas mãos nunca perderão
A tua pele trémula como água.
Não há afeto sem palavra.
Assim, não consigo olvidar,
Na tua ausência
No meu quarto, no meu trajeto,
Nenhuma pálpebra.
Não há afeto sem distância ser 
Como a eterna partida do olhar.

Sem comentários:

Enviar um comentário

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.

MAIS RECHERCHE DE MAIS TEMPS PERDU

(NUM DIA DE PÁSCOA, EM MOÇAMBIQUE)  Quando era Páscoa, em Moçambique,  eu lia NOTRE DAME DE PARIS  e achava a matemática chique: que belos e...