sábado, 7 de janeiro de 2023

Amo esta chuva que vou perder

I)

Ipomeia, muro.

Poema, rumor, sopro.

Choupos, ar puro.

Riso, amor.

Mãos, alba do corpo.

Ventre, flor.

II)

Amo esta chuva que vou perder.

E o corpo dele próprio mais perto,

Como se fosse todo um deserto

Que em vida nunca mais fosse arder.


Sem comentários:

Enviar um comentário

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.

MAIS RECHERCHE DE MAIS TEMPS PERDU

(NUM DIA DE PÁSCOA, EM MOÇAMBIQUE)  Quando era Páscoa, em Moçambique,  eu lia NOTRE DAME DE PARIS  e achava a matemática chique: que belos e...