quinta-feira, 31 de julho de 2008

O ovo e a serpente


A edição de hoje da Nature inclui um artigo fantástico sobre a evolução dos dentes das serpentes, «Evolutionary origin and development of snake fangs», que PZ Myers analisa magistralmente no blog Pharyngula. Vale a pena ler o post e os comentários, especialmente os (muitos) esclarecimentos a dúvidas de alguns leitores prestados por um dos autores, o Venom Doc Bryan Grieg Fry.

Com ou sem profanações de hóstias, este post é um bom exemplo da razão porque PZ Myers continua de longe o meu blogger de ciência favorito:

«I keep saying this to everyone: if you want to understand the origin of novel morphological features in multicellular organisms, you have to look at their development. Everything is the way it is because of how it got that way, as D'Arcy Thompson said, so comprehending the ontogeny of form is absolutely critical to understanding what processes were sculpted by evolution. Now here's a lovely piece of work that uses snake embryology to come to some interesting conclusions about how venomous fangs evolved.»

Sem comentários:

Enviar um comentário

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.