quinta-feira, 9 de outubro de 2014

CARTA ABERTA EM DEFESA DA CIÊNCIA NA EUROPA

É hoje publicada no PÚBLICO, uma carta aberta assinada por investigadores de vários países, incluindo um do nosso, que alerta para as opções políticas que põem em causa o desenvolvimento da ciência na Europa, tomadas a nível europeu e em vários países.

É possível assinar a carta em:

http://openletter.euroscience.org/open-letter-portuguese/

Eu já assinei. Em Portugal vivemos uma situação particularmente difícil em muitos sectores e também na ciência, e é por isso particularmente importante assinar esta carta e fazer parte deste movimento internacional. 

Os primeiros subscritores são:

Amaya Moro-Martín, astrofísica, Instituto de Ciência do Telescópio Espacial, Baltimore (EUA); porta-voz da plataforma Investigación Digna (Espanha); Euroscience (Estrasburgo).

Gilles Mirambeau, virologista de sida, Universidades Sorbonne, UPMC Universidade de Paris VI (France); IDIBAPS, Barcelona (Espanha); Euroscience (Estrasburgo).

Rosário Mauritti, socióloga, ISCTE, CIES-IUL, Lisboa (Portugal).

Sebastian Raupach, físico, fundador do movimento “Perspektive statt Befristung” (Alemanha).

Jennifer Rohn, bióloga celular na área do cancro, Departamento de Medicina, University College de Londres (Reino Unido); presidente da Science is Vital.

Francesco Sylos Labini, físico, Centro Enrico Fermi, Instituto para Sistemas Complexos (ISC-CNR), Roma (Itália); editor da Return on Academic Research (www.roars.it).

Varvara Trachana, bióloga, Faculdade de Medicina, Escola de Ciências da Saúde, Universidade de Thessaly, Larissa (Grécia).

Alain Trautmann, imunologista na área do cancro, CNRS, Instituto Cochin, Paris (França); porta-voz de “Sauvons la Recherche”.


Patrick Lemaire, embriólogo; CNRS, Centro de Investigação de Bioquímica Macromolecular, Universidades de Montpellier; fundador e porta-voz do movimento “Sciences en Marche” (França).

2 comentários:

  1. A falta de entendimento da ciência, e o não uso do cepticismo por parte dos cidadãos facilita a vida àqueles que querem dominar, pela força e pelo dinheiro, as populações.

    Carl Sagan já nos avisava deste perigo há mais de 17 anos.
    A sua arrepiante mensagem pode ser vista aqui.
    http://dumoc-and-me.blogspot.pt/2014/10/carl-sagan-um-incansavel-divulgador-da.html

    ResponderEliminar

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.