quarta-feira, 30 de janeiro de 2008

Alguns aforismos do astrofísico Michel Cassé



“O Sol e o olho são feitos da mesma substância. Os átomos do Sol falam aos átomos dos olhos a linguagem da luz e a razão por que vemos reside nesta identidade da natureza entre o detector e o receptor.”

“Os átomos são como violinos. Emitem notas de luz como os instrumentos emitem notas de música.”

“As estrelas desempenham na economia geral do universo o papel de artesão consciente e, além desta obra, a sua própria existência é condição necessária para a diversidade dos átomos.”

“A explosão de uma estrela não é de lastimar, as futuras humanidades sustentam-se nos seus estilhaços e detritos.”

“A morte de uma estrela é a passagem de uma ‘perfeição luminosa’ para uma ‘perfeição obscura’.”

“A criação no sentido teológico é absoluta e para mim o que é absoluto não existe absolutamente.”

“A realidade é essencialmente invisível, e o visível, de alguma forma, irrealista de tão excepcional que é.”

“Nós, os físicos, trepamos uma encosta muito escarpada, cujo cume já está ocupado pelos poetas e pelos matemáticos.”

“A desordem é uma ordem escondida.”

“Existe uma poesia e uma poesia profunda da matemática.”

“A física vai para além da metafísica.”

Fonte: "Filhos do Céu" (com Edgar Morin, Piaget, 2007)

5 comentários:

  1. fantástico! dá vontade de espaço esse livro! quente feito o sol!

    ResponderEliminar
  2. “A física vai para além da metafísica.”

    Esta afirmação faz-me lembrar um slogan de um banco, de há já uns dez anos a esta parte, que dizia assim:
    "O Banco que se projecta para lá da própria imagem."
    O fascinante é que por mais que se dê voltas à frase, não é possível dar-lhe sentido. Supomos que aquilo que se projecta é precisamente a imagem da coisa projectada. Neste caso a imagem projecta-se para lá de si. É uma proeza óptica e semântica sem precedentes.

    Este caso da metafísica não se projecta muito mais longe que a imagem de si para lá de si.

    Provavelmente a razão de ser deste aforismo é o refrão, mais popular do que seria desejável, de que a metafísica é o que está "para lá" da física. Mas isto é talvez tão disparatado como dizer que a harmonia é o que está "para lá" da resolução de acordes na partitura.

    A verdade, creio, é que a metafísica é apenas um conjunto de problemas e questões que são espontaneamente colocadas pela prática científica, implícita ou explicitamente. Não estão "para além" nem "para aquém" de coisíssima nenhuma. Simplesmente não podem ser resolvidos por observação empírica, por uma simulação de computador, etc.

    A pergunta "Só existem particulares concretos?" nada tem de teológico ou "obscuro" ou "aquém-além". É tão "aqui" como qualquer outra pergunta trivial, mas é metafísica.

    ResponderEliminar
  3. Estes aforismos, dada a sua subjectividade, não acrescentam nada de consistente ao saber.

    Os mesmos são baboseiras pseudo-filosóficas, sem qualquer substrato objectivo.

    No fundo Michel Cassé não vai mais longe do que os filósofos, poetas e magos da antiguidade que, rejeitando a existência de um Criador sobrenatural, adoravam o Sol, confiavam a sua vida às estrelas e diziam que tudo não passava de colisões aleatórias de átomos.

    O problema é que sem um Deus sobrenatural este Universo natural não é possível.

    Não existe nenhum mecanismo natural que possa ser plausivelmente apresentado como causa do Universo e causa da Vida.

    Se existisse esse mecanismo natural, ele teria que ter uma causa natural, e assim por diante.

    Só um Deus sobrenatural, espiritual, vivo, pessoal, comunicativo, eterno, infinito, omnisciente e omnipotente, como o revelado na Bíblia pode reclamar para si ser a causa do Universo, da Vida e do Homem.

    ResponderEliminar
  4. ah, claro, senhor perspectiva. somente a existência de um deus maligno devorador de prepúcios como o relatado na bíblia. somente um plágio de mitos babilônicos que manda trespassar o ventre das mulheres grávidas de outras nações e manda duas ursas despedaçarem crianças. sim senhor, senhor perspectiva, somente um deus com todas as qualidades assinaladas e autorizadas por políticos-sacerdotes que precisavam de um macho-alpha reinante no céu pra dominar um povo ignorante e supersticioso do deserto. sim senhor, senhor perspectiva, somente um deus mutilado como esse da bíblia, que com o passar das eras e da evolução da consciência humana necessita tanto de crentes desesperados de cérebro mole para usar uma tal de perspectiva (o prisma ilusório que olhe com outros olhos Sua ineficiência) para aprovar seus crimes.
    o senhor é um criminoso, senhor perspectiva: assassino de si próprio. vai bitolar tanto a si mesmo porque necessita tanto de um rei fálico no céu para sustentar sua visão estreita do mundo.

    ResponderEliminar

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.