quinta-feira, 30 de setembro de 2021

NOVA ATLANTIS

 A “Atlantís” acaba de publicar o seu número mais recente (em acesso aberto). Convidamos a navegar pelo sumário da revista para aceder à informação.

Imprensa da Universidade de Coimbra 

Atlantís - review

v. 41 (2021)

Sumário

https://impactum-journals.uc.pt/atlantis/index

[Recensão a] CARDANO, Girolamo, De Consolatione, a cura di Marialuisa Baldi, revisione filologica a cura di Elisabetta Tonello, Firenze, Leo Olschki, 2019. 295 pp. ISBN 978-88-222-6623-1

Ana Isabel Correia Martins

[Recensão a] MIRANDA, Margarida, Miguel Venegas and the Earliest Jesuit Theater: Choruses for Tragedies in Sixteenth-Century (Jesuit Studies: Modernity through the prism of Jesuit History, volume 23), Leiden – Boston, Brill, 2019. XVI + 240 pp. ISBN: 978-90-04-40705-3

Manuel José de Sousa Barbosa

[Recensão a] HUTCHINSON, G. O., Plutarch’s Rhythmic Prose, Oxford, University Press, 2018. VIII + 338 pp. ISBN: 978–019–8821-71–7

Aurelio Pérez-Jiménez

[Recensão a] LEÃO, Delfim F. & LANZILLOTTA, Lautaro Roig (Eds.), A Man of Many Interests: Plutarch on Religion, Myth, and Magic. Essays in Honor of Aurelio Pérez Jiménez (Brill’s Plutarch Studies, vol. 2), Leiden, Brill, 2019. 361 pp. ISBN: 978-90-04-40435-9

Joaquim Pinheiro

[Recensão a] GUTIÉRREZ, Daniel, Sócrates y la práctica de la espiritualidad, TeseoPress, Buenos Aires, 2019. ISBN: 978-987-78-3108-5

Francisco Iversen

[Recensão a] ROSSETTI, Livio, Parmenide e Zenone sophoi ad Elea, Petite Plaisance, Pistoia, 2020. 160 pp. ISBN 978-88-7588-256-3

Marco Montagnino

________________________________________________________________________
Atlantís
http://impactum-journals.uc.pt/atlantis

Sem comentários:

Enviar um comentário

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.

Ainda sobre o moderno e o clássico

Na continuação do texto A constante luta entre clássico e moderno João Boavida É isso mesmo, volto ao tema, do moderno e do clássico.  Se um...