sexta-feira, 3 de setembro de 2021

Importância da qualidade do ar interior na Pandemia de Covid-19

 

Ciclo Ciência às Seis on-line 

Palestra intitulada "Importância da qualidade do ar interior na Pandemia de Covid-19" com Manuel Gameiro da Silva, professor do Departamento de Engenharia Mecânica da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC) e moderação do físico Carlos Fiolhais, director do Rómulo.
Primeira sessão da 6ª edição do ciclo "Ciência às Seis" de 2021/22, iniciativa do RÓMULO - Centro Ciência Viva da Universidade de Coimbra, coordenada por Carlos Fiolhais. Destinada ao público em geral, a sessão é de participação livre e gratuita, sem necessidade de inscrição.
Acesso à sessão no Zoom:
https://videoconf-colibri.zoom.us/j/81524757925
ID da reunião: 815 2475 7925
Resumo:
A pandemia da COVID-19 tem suscitado as atenções de investigadores de várias disciplinas, incluindo os de Engenharia Mecânica, que concebem, preparam e certificam os aparelhos de renovação do ar em espaços interiores, assegurando a sua melhor qualidade. De facto, podendo a infecção espalhar-se por pequenas partículas suspensas no ar, os aerossóis, convém assegurar a melhor qualidade do ar nos espaços domésticos e públicos, como escolas e hospitais. Para isso a ventilação tem de ser adequada, diluindo o mais possível a concentração de vírus.
Breve Biografia do Orador:
Manuel Gameiro da Silva é Professor Catedrático da Universidade de Coimbra (Engenharia Mecânica). Investigador do Programa MIT-Portugal, é Professor Convidado do Curso de Mestrado GBBV - ENTPE, Universidade de Lyon -França, Coordenador da Linha de Investigação em Energia Sustentável da LAETA, Vice-Presidente da Rehva (www.rehva.eu), Coordenador da Iniciativa Energia para a Sustentabilidade (EfS) da Universidade de Coimbra. Os seus Interesses de Investigação são: Qualidade Ambiental Interior, Eficiência Energética, Instrumentação e Medição. É Membro Conselheiro da Ordem dos Engenheiros. Tem-se dedicado, no quadro da pandemia de COVID-19, às questões da qualidade do ar.

Sem comentários:

Enviar um comentário

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.

MAIS RECHERCHE DE MAIS TEMPS PERDU

(NUM DIA DE PÁSCOA, EM MOÇAMBIQUE)  Quando era Páscoa, em Moçambique,  eu lia NOTRE DAME DE PARIS  e achava a matemática chique: que belos e...