sexta-feira, 25 de maio de 2018

Minha entrevista no n.º 2 da revista "Sou cientista" (que sai com um kit da Science4you)


1- Quando era criança já tinha interesse pela área da Ciência? E a Física, como entrou na sua vida?

Comecei a ler cedo e devorava tudo quanto lia. Um dos meus primeiros livros, lá pelos dez anos, foi "O Clube do Espaço" da Biblioteca dos rapazes. A Física surgiu mais tarde a partir de livros de divulgação científica: os livros "Ciência para gente nova", alguns dos quais de Rómulo de Carvalho, os livros da colecção "Saber", Enfim, queria saber. Ciência é isso mesmo, ter curiosidade.

 2- Em que consiste o trabalho de um físico?

Um físico estuda o mundo em geral: o movimento, para o que interessa saber o que é o espaço e o tempo, a matéria e a energia, a constituição das coisas, para o que interessa saber o que são partículas e interacções. Combinando tudo isto, os físicos querem saber como é, de onde veio e para onde vai, o Universo ao qual pertencemos. Nós somos parte do Universo ou Cosmos, mas somos, tanto quanto sabemos, a única parte dele que o tenta compreender.

3- Como podemos tornar a Física divertida? A Física desafia a nossa imaginação, tem desafiado a imaginação de muitas pessoas. É divertido decifrar os mistérios que o Universo nos oferece. Há muitas histórias divertidas de descoberta...

4 - É responsável pela instalação do computador mais potente que existe em Portugal (o Milipeia). Com que objetivo foi criado?

Bem, hoje já há computadores mais potentes, porque os computadores estão em grande evolução. Mas há décadas atrás fizemos em Coimbra um supercomputador barato juntando cerca de cem computadores pessoais, pelo que chamámos centopeia. Depois adquirimos um supercomputador, mais de dez vezes mais rápido, ao qual chamámos "Milipeia". Inventar estes nomes foi divertido.

5- Como refere no seu livro “Pipocas com telemóvel e outras histórias de falsa Ciência”, nos meios de comunicação existe muita informação dita “científica”, mas que afinal não é verdadeira. No que devemos acreditar?

 De facto, nos média, em particular na Internet, existem muitas tretas. Devemos duvidar de muita coisa que lá está, procurando confirmar. Um bom método consiste em verificar quem fez a afirmação. Será alguém que estudou e sabe mesmo do assunto? E há outras pessoas sabedoras que dizem o mesmo?

6 - A Física também estuda o Universo. Aprende-se na escola que tudo começou com um Big Bang. E antes disso, o que é que existia?

Não sabemos. De facto, a pergunta pode mesmo não ter qualquer resposta, por não existir o "antes" do Big Bang. Com o Universo nasceram também o espaço e o tempo e, por isso, pode não haver um tempo antes do nosso tempo. mas também pode haver um outro tempo. Repito: não sabemos, talvez nunca venhamos a saber.

7- Pelo que sabemos, está previsto levar seres humanos a Marte em 2030. Para que serve esta missão?

Não sei se será em 2030, mas mais cedo ou mais tarde vai acontecer. tecnicamente é possível ir a Marte, é uma questão de dinheiro e de vontade política. Uma missão como essa servirá para conhecer melhor Marte e também para conhecer melhor o ser humano, uma vez que as condições de vida em Marte e na viagem até lá são muito diferentes das da Terra. mas, acima de tudo, iremos a Marte pela aventura, tal como se foi á Lua ou como, na Terra, se escalaram os maiores picos e se desceu ao fundo do mar. O homem sempre quis ir mais além.

8- Na sua opinião, existe vida noutros planetas? Como se faz essa pesquisa?

Não sabemos, mas provavelmente existe. Tentamos procurar vida de várias maneiras: uma consiste em encontrar planetas extrasolares, em particular aqueles com condições semelhantes às da Terra. Outro ainda é verificar em meteoritos que caem na Terra ou em directamente em outros astros do sistema solar se há algum vestígio de matéria orgânica. Outra ainda é, com radiotelescópios, tentar ver se chegam sinais de rádio emitidos por eventuais civilizações extraterrestres. Uma questão interessante é saber se a vida fora da Terra tem a mesma forma, por ser baseada no ADN, da vida na Terra.

9 - O descolar de um foguetão acontece devido às leis da física. Como é que tantas toneladas conseguem chegar até ao Espaço?

É o princípio da acção-reacção da física: os gases do foguetão saem para baixo em grande quantidade e em grande velocidade e o foguetão tem de subir no espaço. Tal como um vulgar foguete de cana, mas maior. Podemos experimental em casa com um balão que se enche e depois se abre o gargalo: o balão move-se como um foguetão ou um foguete.

10 - Que conselhos pode dar aos jovens que queiram ser cientistas?

Sejam curiosos, leiam para satisfazer a vossa curiosidade. E, sobretudo, façam experiências para responder a perguntas sobre o mundo. A ciência está baseada na experimentação.

Sem comentários:

Enviar um comentário

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.