terça-feira, 11 de março de 2014

MARIA FILOMENA MÓNICA FALA DO SEU PRÓXIMO LIVRO

)

1 comentário:

  1. Peço desculpa à senhora D. Filomena Mónica, mas não sabia que a escola dava - ou passava (passa?) - telenovelas.

    Mas é que concordo mesmo com ela, a escola não é para telenovelas (já basta a má novela em que a mesma escola se está tornando por via de tanta coisa que não cabe aqui). A escola é para ensinar a pensar, sim. E ensinar a pensar não é apenas papaguear. Não recuso no entanto a necessidade da memorização e o seu uso disciplinado. Somos seres históricos e sem memória não se faz a história de coisa nenhuma. Compreendemos historicamente também. Portanto, ensinar a pensar faz-se também memorizando, mas não apenas.

    Eu pensava até que a escola ensinasse dentro do binómio conhecimento- pensamento crítico/criativo; que fosse esta a via por onde os meus filhos seguiram e a que, mãe pouco atenta, assisti mais do que participei - há-de ter sido a escola a colaborar no processo de me surgirem na medida em que os anos corriam, cada vez mais eles mesmos. Como mãe estou grata à escola que os ajudou a formar criticamente e muito mais que eu os informou.

    ResponderEliminar

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.