quarta-feira, 24 de junho de 2009

COSMOGONIAS: MITO, FILOSOFIA, CIÊNCIA

Informação recebida da Associação de Professores de Filosofia:

Conímbriga: 3 de Outubro de 2009

2ºs Encontros de Filosofia Antiga
COSMOGONIAS: MITO, FILOSOFIA, CIÊNCIA
Auditório do Museu Monográfico de Conimbriga

Com
José Ribeiro Ferreira, António Pedro Mesquita, David Santos, Rudolfo Lopes, António Manuel Martins, Gabriela Baião e Carlos Fiolhais

Organização: Associação de Professores de Filosofia

5 comentários:

  1. A teoria do Big Bang é, sem dúvida alguma, uma cosmogonia mitológica dos nossos dias.

    A mesma assenta na premissa, nada científica, de que o nada produziu qualquer coisa que explodiu e deu tudo.

    Trata-se de uma afirmação impossível de demonstrar pela observação e pela experimentação.

    Não existe nenhum processo naturalista conhecido pelo qual o nada dê qualquer coisa.

    Ou seja, o Bib Bang não consegue passar da linha de partida, quanto mais chegar à meta!

    ResponderEliminar
  2. Sim ! Como o nada , que não existe, pode produzir seja o que for...!

    Em relação às teorias do Caos e da complexidade , essas sim, têm + credibilidade para dar início seja ao que for nos multiversos:

    + informação,
    Teorias da complexidade ,

    (http://biodanca.blogspot.com/2007/09/o-pensamento-complexo-teorias-da.html, em 25/04/09:
    Mariotti, em 2000, (http://biodanca.blogspot.com/2007/09/o-pensamento-complexo-teorias-da.html, em 25/04/09), sustenta que a realidade é percebida segundo uma perspectiva biopsicossocial do organismo de cada um. A nossa estrutura muda de acordo com a interacção do organismo com o meio ( interconexões entre coisas). A observação destas conexões é realizada a um nível subatômico, o que mostra uma complexa teia de relações entre as várias partes de um todo unificado.

    Teoria do caos ,(http://biodanca.blogspot.com/2007/09/o-pensamento-complexo-teorias-da.html, em 25/04/09), pertence ao ramo da teoria dos sistemas dinâmicos, que trata dos processos não-lineares, altamente complexos e imprevisíveis.

    No entanto, será que a criação não é um fenómeno da consciência e não um fenómeno da natureza, à semelhança do conceito de deus?

    Do sistémico para o complexo, (http://biodanca.blogspot.com/2007/09/o-pensamento-complexo-teorias-da.html, em 25/04/09) – estudos da lógica da mente associam os seres humanos à cibernética e à teoria da informação, como processador de informação.

    Aqui , talvez o nada poderá criar alguma coisa , auto-organizando-se per si...,

    Ilya Prigogine (http://biodanca.blogspot.com/2007/09/o-pensamento-complexo-teorias-da.html, em 25/04/09) – teoria das estruturas dissipativas (sistema que se auto-organiza), mediante instabilidade e se podem transformar em novas estruturas de complexidade crescente denotando uma fonte de uma nova ordem e complexidade.

    Madalena Madeira

    ResponderEliminar
  3. Ainda sobre o todo , que é o oposto do nada,

    O todo (http://biodanca.blogspot.com/2007/09/o-pensamento-complexo-teorias-da.html, em 25/04/09), é um sistema complexo multidimensional, sendo, simultaneamente, formado no âmbito micro de infinitos sistemas complexos, e no âmbito macro integrantes de um infinito sistema complexo.

    Madalena Madeira

    ResponderEliminar
  4. Oi! Tava passando poraqui e achei seu blog legal. Teve um cientista que propois uma idéia de como fundir essas forças. Vou deixa o lik aqui:

    Link atualizado da Teoria:

    http://www.scribd.com/doc/17475666/Teoria-da-Grande-Unificacao-GUT

    ResponderEliminar

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.