domingo, 15 de novembro de 2020

MARIA FRANCISCA MACEDO: NOVA AUTORA DE LIVROS INFANTO-JUVENIS DE CIÊNCIA



 O 1.º livro da sua colecção "O Clube dos Cientistas", "Os Contrabandistas de Cristais", já vai na 5.ª edição e essa colecção já vai no número 14, com o título "Fora de Jogo" e eu só agora reparei. A falta é minha por andar desatento, mas já houve um tempo, quando o meu filho era mais novo, em que eu estava mais atento aos livros infanto-juvenis de ciência. Mas não posso deixar de saudar essa nova autora e essa sua colecção, do prelo da  BookSmile, uma chancela do grupo m 20|20 editora. 

Tenho em mãos o volume "FORA DE JOGO" e presumo que os outros sigam a mesma linha. É uma história de 63 páginas, a que seguem 30 páginas em quês propõem algumas actividades cientificas relacionadas com a história. ("Caderno de Experiências"). As ilustrações são de Sara Paz. Os personagem principais são apresentados logo de  início:   Dois gémeos muito curiosos, o Carlos e o Chico, de 11 anos (a idade do público-alvo irá dos 10 aos 15), o Carlos é o “cérebro” e o Chico é o “coração e os músculos”; Catarina, a irmã mais velha, que participam nas aventuras dos irmãos, servindo muitas vezes de intermediária com os pais; os pais Maria e Luís, ela jornalista e ele detective privado (a autora diz que o "Chico tem a quem sair"); e  há ainda uma mascote, o cão Carbono.  A sede do clube é um barracão no quintal, onde está instalado um laboratório.  O livro trata de um jogo de futebol juvenil, uma história com um mistério (um treinador que desaparece)  e que serve de pretexto para descobrir a ciência, através de interessantes experiências, na maior parte de física. A parte de física poia ter sido revista por um físico: apor exemplo, o peso não depende da força da gravidade: ele é a própria força da gravidade; na lei da acção e  reacção fala-se de forças invisíveis. mas a verdade é que todas as forças são invisíveis, por se tratar de um conceito físico abstracto, embora os seus efeitos sejam visíveis; e o comportamento de uma bola quando há efeitos não está muito claro. Mas já a experiência sobre a alimentação está bem (excepto o símbolo ºC, que deve ter os graus pegados ao C de Celsius)… Na colecção há outros títulos com experiências de Física: “”Um Rapto Inesperado”, “Perigo na Floresta”, “A Barragem Assombrada”, “Levanta Voo”, “De Cabelos em Pé”, “Alerta no Mar”, “Crime no Expresso no Ocidente” e “Mistério à Luz das Estrelas.” Nada mau: nove livros de Física em 14 de ciência…

A autora, Maria Francisca Macedo (n. 1988), apaixonada desde nova pela ciência e licenciada em Biologia, é professora de ciências no ensino básico. Não duvido que seja uma excelente professora; imagino-a a fazer as experiências dos livros com os seus alunos. A sua colecção”Clube dos Cientistas” ganhou  uma mais do que justa menção honrosa no Global Teacher Prize 2018.

Da mesma autora gostei ainda mais foi de outro livro, para idades mais baixas (4-7 anos) : "Histórias de (en)contar  de UM LOBO que NÃO GOSTAVA DE MATEMÁTICA”. 


A editora é a Fábula, também do grupo 20|20. De capa dura e com formato maior, com desenhos de Jaime Ferraz, é para criança que estão a aprender a contar, tal como lobo. O texto tem muita piada e os desenhos têm um design primoroso, Mereceu bem o prémio líterário Maria Rosa Colaço de literatura infantil em 2019.

Desejo que a Maria Francisca prossiga na sua vocação científico-litetrária. Que bom que haja bons livros de ciência de autores portugueses para os infantes!


Sem comentários:

Publicar um comentário

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.