sexta-feira, 2 de maio de 2014

LIVROS DE ABRIL DA GRADVA


Novidades da Gradiva:




Do Colonialismo como Nosso Impensado
Eduardo Lourenço

«Este espantoso silêncio esconde a aventura colonial, a mais pura de toda a história. Tão pura que hesitamos chamá-la colonialista. E, no entanto, ela é certamente uma entre outras, a primeira e a última ainda de pé, sob a indiferença dos trópicos e o esquecimento do mundo. Este esquecimento faz-nos pensar, mas explica-se. Portugal não foi o único país a deixar-se esquecer desta maneira. [...] Mais tarde, a mesma Europa teve também demasiado interesse em esconder, em conjunto, este colonialismo.»

«Obras de Eduardo Lourenço», n.º 21 . €14,50 . €13,05

Mais informação aqui.

Meu Dito Meu Escrito - De ciência e cientistas, com um monólogo da caneta
Maria de Sousa
Um roteiro da ciência pela caneta (em monólogo) de uma das primeiras e mais ilustres mulheres portuguesas de ciência.

«[...] mesmo a memória da vida nos anos precisa de encontrar uma residência para que possamos perceber melhor de onde vimos, quem somos, o que precisamos fazer para chegar, ou não, onde outros chegaram e o que outros poderão aprender com o que nós quase esquecemos.» Um testemunho irreverente e inconformado, mas também muito sensível, poético e, a passos, comovente.
«Fora de Colecção», n.º 413 . €14,00 . €12,60
Mais informação aqui.

Cometa
Carl Sagan e Ann Druyan
Edição revista e aumentada
Enquanto assiste à novíssima série Cosmos, aconselhamos a (re)leitura das obras que lhe estiveram na génese, nomeadamente Cometa, o livro que se inicia com uma viagem aventurosa através do espaço, cavalgando um cometa, um desses «visitantes graciosos e brilhantes» que surgem nos nossos céus. Em edição revista e aumentada, com fotografias e também pinturas encomendadas expressamente para a obra, é leitura indispensável a quem já contemplou o céu e se interrogou sobre o que viu.
«Obras de Carl Sagan», n.º 11 . €24,00 . €21.60
Mais informação aqui.


Sem comentários:

Enviar um comentário

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.