segunda-feira, 15 de maio de 2023

REIVINDICAR TÍTULOS. EM CLAVE DE SINDICATO RESPOSTA A UM PERSEGUIDOR DE ESTIMAÇÃO

Aos títulos, agarra-se só quem 
mais não possui a que se agarrar:
cada um contente-se com o que tem,
mesmo que isso não dê para brilhar.

Romancista, académico ou bispo,
qualquer um pode a isso chegar.
Com muitos amigos, a arcebispo,
também se chega, sem muito suar.

Professor impróprio para ensino,
sem conhecimentos nem vocação,
do orçamento, pífio concubino,

há, por aí, em grande profusão:
desprezados e muito ofendidos,
reivindicam títulos, com grasnidos!

Eugénio Lisboa

Sem comentários:

"Nós, professores, já não lemos. Nem sequer estudamos."

O artigo que aqui traduzimos, assinado por Diego Garrocho, não traz nada de novo, mas o que traz é importante, fundamental, precisa de ser r...