quinta-feira, 20 de maio de 2021

VER É SER VISTO, de Eduardo Lourenço

 


Informação recebida da Gradiva:

Ver é Ser Visto - Fragmentos Essenciais, de Eduardo Lourenço
Gradiva lança antologia dos principais textos de uns dos mais marcantes pensadores da cultura portuguesa do século XX


Antologia dos principais textos de uns dos mais marcantes pensadores da cultura portuguesa do século XX, falecido no final de 2020, Ver é ser Visto, de Eduardo Lourenço reúne ensaios dedicados às principais questões e autores sobres os quais Eduardo Lourenço reflectiu. Com prefácio de José Tolentino Mendonça, a obra que agora a Gradiva lança (editora que tem vindo a reunir e a publicar toda a produção ensaística do autor) resulta de um trabalho de selecção de Guilherme d’Oliveira Martins, um profundo conhecedor da obra do ensaísta e um dos seus amigos mais próximos.


Saiba mais sobre o livro aqui.

Consulte aqui o índice.
                                       
Conheça
aqui toda a obra do autor. 

Sem comentários:

Enviar um comentário

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.

A Prima Bette de Honoré de Balzac

[A Prima Bette é o último romance de Honoré de Balzac. Aproveitando que tinha começado a ler uma versão muito elegante do livro publicada re...