sábado, 19 de setembro de 2015

O MUSEU DA CIÊNCIA DE COIMBRA EM NOVA IORQUE


Informação recebida do Museu da Ciência de Coimbra:

 "Kongo: Power and Majesty" é o nome da exposição do Metropolitan Museum of Art que abriu ao público no dia 18 de setembro de 2015. O Museu da Ciência contribui com cinco objetos da coleção de antropologia, a dizer: - uma escultura de maternidade, Phemba - uma capa ou romeira de prestígio, Nkutu - uma trompa, Punji - uma dupla sineta, Kunda - um cesto de prestígio
 Juntamente com objetos do Museu Nacional de Arte Antiga, Torre do Tombo, Museu Nacional de Etnologia e da Sociedade de Geografia de Lisboa entre outros Museus europeus de Londres, Paris, Bruxelas, Copenhaga, Estugarda, Roma e Florença.

 Na região do Congo - parte da República do Congo, República Democrática do Congo e norte de Angola - estabeleceu-se o povo Kongo desde o século VII. O navegador português Diogo Cão, atingiu o estuário do Rio Congo nas missões de descoberta do Rei D. João II em 1483. A abundância de recursos naturais nesta região levou a um interesse crescente entre os europeus que efectuavam trocas obtendo criações artísticas excepcionais realizadas pelos Kongo, que passaram a integrar as colecções reais.

Esta exposição é um tributo às contribuições dos artistas do Congo face ao controlo e poder das instâncias coloniais da época. A exposição estará aberta ao público até ao dia 3 de janeiro de 2016. Se passar por Nova Iorque não perca!

1 comentário:

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.