sexta-feira, 30 de maio de 2008

A blogosfera segundo a SIC

Ontem, a Sic dedicou o seu programa «Aqui e Agora» ao tema internet com especial incidência no papel (muito negativo) dos blogs. O tom do programa foi tal que os protestos se sucedem na blogosfera. José Gameiro foi o único interveniente no debate a prestar um contributo equilibrado, ouvindo os restantes pensar-se-ia que os bloggers não passam de criminosos sortidos, de terroristas a pedófilos, passando por traficantes de armas e drogas e afins.

Mais concretamente, de acordo com Moita Flores, os blogs «São mundos de devassa e violentação», aliás, aparentemente os bloggers não passam de caluniadores que espalham verrina, veneno, difamação e injúria.

Não sei exactamente qual foi a motivação subjacente a este programa mas o tom faccioso deste, para além de me impelir a mostrar o meu desagrado em relação à forma biased com que a blogosfera foi apresentada, leva-me a recuperar o debate que iniciei há quase um ano sobre «Comunicação social tradicional e blogs». E recupero novamente a pergunta que deixei no final do post: fará sentido falar em «código deontológico» ou ética dos bloggers?

3 comentários:

  1. Cara Palmira, e "distorcida" em vez de "biased" não soaria melhor?

    Ou talvez "enviesada", "tendenciosa", "sectária", etc.

    ResponderEliminar
  2. O jornalismo competente, expulso pela corja de difamadores, deixou-nos merecidamente ao vazio. Valha-nos Moita Flores que na sua humildade meteu ombros a explicar-nos o mundo.

    Dê-lhes, Palmira! Isto não é um blogue, é um palmiródromo.

    ResponderEliminar
  3. A internet é para os velhos do restelo, para as brigadas do reumático, para os escolásticos e moralistas um poço de devassidão, de perversão, de pedofilia, de crime organizado, urge ser disciplinada, ha que controlar, censurar e proibir, qual big brother do celebre 1984..
    So quem não compreende a internet é que pode ter essas ideias, é feita por seres humanos dai que tem as suas qualidades e defeitos, tem coisas boas e coisas más, há que por algum control na internet, claro, mas não podemos ser mais papistas que o papa, o que faz falta é educação, se não existe educação e civismo na nossa realidade quanto mais na internet, há quem se exponha sem vergonha a internet e depois vêm-se queixar, como o caso do hi5, que a maior parte das pessoas andam lá para o engate, depois há os menores que incoscientemente se arriscam na rede, os criminosos tem a vida fcilitada devido às incosciencias alheias.
    Quanto aos jornalistas, o jornalismo competente á havia sido afastado ainda antes dos blogs, é claro que há um sentimento de concorrencia em relação aos blogs, uma empresa de comunicação como a edipresa da qual faz parte a sic só pode ver nos blogs um adversário, mas tb o jornalismo não se actualizou às novas modas, porque não blogs oficiais credenciados?
    Já imaginaram a rapidez das noticias e as poupanças de custos?
    Tambem devo dizer que a televisão em portugal, seja ela publica ou privada está um completo lixo, e há filtragem do que interessa ser divulgado ou não nas redacções quer publicas quer privadas, os blogs permitem contornar isso, agora é preciso separar o trigo do joio e isso aprende-se com muita experiencia e mts horas perdidas na internet.

    ResponderEliminar

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.