sábado, 14 de novembro de 2015

Contra a barbárie


1 comentário:

  1. Não posso deixar de condenar os atentados em causa, que considero serem perpetrados contra valores que defendo como universais . Mas não posso também deixar de mencionar a minha revolta quando ninguém se manifestou contra a barbárie ocorrida em Garissa .
    Maria Marques

    ResponderEliminar

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.