segunda-feira, 11 de novembro de 2013

CONTROLO ELECTRÓNICO NOS AÇORES

Um professor da Universidade dos Açores fez-me chegar esta circular da Universidade dos Açores. O controlo das mentes começa pelo controlo dos emails. E eu pensava que a Universidade era um sítio livre e criativo.

" UTILIZAÇÃO DO CORREIO ELETRÓNICO DA UNIVERSIDADE DOS AÇORES

Considerando que se tem verificado a utilização do correio eletrónico, desta Universidade, para a divulgação, na Comunidade Universitária, quer de informação privada, quer de escritos efetuados na comunicação social, quer mesmo de assuntos internos de Departamentos e/ou Serviços;

Considerando que a matéria acima descrita se revela prejudicial ao funcionamento da Universidade dos Açores; Assim, determina-se o seguinte:

 1— É proibida a utilização do correio eletrónico da Universidade, seja a que título for, para a divulgação interna de escritos efetuados na comunicação social, bem como de quaisquer assuntos privados de qualquer trabalhador ao serviço da Instituição;

2 — É proibida a utilização do correio eletrónico da Universidade, seja a que título for, para a divulgação de quaisquer assuntos do âmbito de qualquer Departamento e/ou Serviço da Instituição, exceto quando efetuada pelo respetivo Directora/Dirigente ou com a sua autorização escrita;

 3- A proibição constante dos n.os 1 e 2 aplica-se a todos quantos prestam serviço na Instituição, independentemente do respetivo vínculo e/ou cargo que ocupem.

4 — A infração do acima exposto implica responsabilidade disciplinar para o infrator.

Ponta Delgada, 23 de outubro de 2013

 O Reitor (assinatura)"

6 comentários:

  1. Para que servirá então o correio electrónico da universidade em causa? quem sabe haja uma segunda informação a elucidar.

    Ou cinge-se apenas ao sentido único, tradicional na autoridade?!

    ResponderEliminar
  2. Custa a acreditar. A circular existe de facto?
    Veja-se a gente que temos!! Sem educação. Leram a entrevista de Sócrates? Cheia de palavrões. Lembram-se dum ex-ministro que disse pintelho na Televisão? Lembram-se de professores que escreveram porra num cartaz? Com gente deste calibre onde chegaremos? Só nos faltava um reitor sem vergonha.

    ResponderEliminar
  3. É dificil de entender esta proibição. O mail é privado e dirigido a qualquer um Vincula ideias. è uma forma de passar informação : Há outras também vão ser proibidas? Como podem verificar existem proibições que não têm sentido e como tal não podem ser levadas á prática. É proibido proibir, já se dizia em 69...

    ResponderEliminar
  4. Tomo a liberdade...
    http://areiaasondas.blogspot.pt/2013/11/magnifico.html

    ResponderEliminar
  5. Sou investigador na UAç à 5 anos. A circular chegou a todos. Mesmo não tendo debatido com algum colega o seu conteúdo, a minha interpretação é que não se deve utilizar o email para envios tipo "spam" (listas de doutorados, técnicos, contratados que existem), com conteúdos que não sejam afectos à Universidade.
    Para quem não usa um software de email, a acessibilidade do webmail (webmail.uac.pt) é uma charuto, logo a acumulação de emails indesejados é inevitável.
    O espaço digital tem custos, e se a minha interpretação é a correcta, trata-se apenas de uma filosofia de uso normal a um email profissional. O chamado, tenho 99 problemas, e este não é um deles.

    ResponderEliminar
  6. É investigador e ainda não aprendeu o verbo haver? Coisa suspeita. Que é que investiga? Aqui há aldrabice, tentativa de defender um reitor maluco.

    ResponderEliminar

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.