domingo, 6 de abril de 2008

iParque: um exemplo de parque industrial, de ciência e tecnologia.

O nosso colaborador habitual Norberto Pires, engenheiro físico e professor de Engenharia Mecânica, explica o que é o Coimbra Inovação Parque e porque aceitou dirigi-lo:

Se Portugal quer acelerar a recuperação do atraso que tem relativamente aos melhores países europeus, precisa de mais crescimento económico, mais novas empresas, mais empreendedores dispostos a lançar-se em projectos inovadores e mais PME de crescimento rápido.

A inovação não é bem servida por agentes “utilizadores”. Precisa de agentes “motores” de elevada qualidade e eficiência. Isto significa um novo paradigma de ensino. A qualidade da informação tem de ser acompanhada pela qualidade da formação em empreededorismo e risco. E isso é uma NOVA AVENTURA.

Um empreendedor é um revolucionário. Detesta a palavra “não”. Não a aceita. Quando a encontra, olha em volta e procura uma forma de ultrapassar a dificudade inerente. Não desiste, nunca. Tem a vertigem do risco. De certa forma deseja-o, pois sabe que as oportunidades resultam de uma boa gestão do risco. Vive como pensa, sem pensar como viverá.

Consciente disso, aceitei pessoalmente o desafio de liderar o Coimbra iParque. Um projecto ambicioso que pretende instalar em Coimbra um parque industrial onde as empresas encontrem o local ideal para a sua actividade, oferecendo as condições necessárias para o desenvolvimento de investigação em consórcio. É ambicioso, eu sei. É arriscado, eu sei.

Coimbra tem um conjunto de valências interessantes. Uma excelente universidade (a Universidade de Coimbra), virada para o futuro. Um instituto politécnico reconhecido e várias outras iniciativas universitárias privadas. Boas iniciativas de incubação de empresas e ideias: as de maior sucesso em Portugal. Excelentes grupos e centros de I&D. Empresas de sucesso e inovadoras, líderes nacionais e internacionais.

O Coimbra iParque pretende trabalhar em rede com as boas iniciativas que existem em Coimbra e nas outras cidades e regiões. O estabelecimento de redes de cooperação cria sinergias, mais valias e vantagens competitivas. É isso que as empresas precisam. É nesse sentido que aponta o futuro, o tal que começa sempre HOJE.

O vídeos abaixo mostram o iParque (a 5 de Abril de 2008) numa viagem aérea curta feita a bordo de um Cessna do aeródromo de Coimbra. O parque está situado praticamente dentro da cidade de Coimbra, ao lado da A1, com acesso ao IC2 e à N1 (nacional 1): o iParque situa-se na freguesia de Antanhol, tendo uma parte (SUL) na freguesia de São Martinho do Bispo, e uma pequena parte (NORTE) na freguesia de Santa Clara. O iParque é uma iniciativa que pretende contribuir de forma decisiva para o incremento da actividade económica e de inovação na Cidade de Coimbra e na Região Centro.

Muito bem localizado relativamente a Coimbra (ver vídeo abaixo), à autoestrada A1 e com um aeródromo (quase dentro do parque) que queremos reactivar para transporte de pessoas. Chegar a Coimbra é fácil, o iParque aproveita essa centralidade e mobilidade.

O iParque é um conceito único em Portugal. Terá vida o dia todo, num local ideal para trabalhar, fazer desporto ou apreciar a paisagem e passear por um espaço de qualidade onde a inovação, a ciência e as empresas estão lado-a-lado.

Mais vídeos aqui: http://www.coimbraiparque.pt/videos

O futuro começa sempre HOJE!
:-)

J. Norberto Pires
Professor da FCTUC
Presidente do Conselho de Administração do Coimbra iParque
Web: http://www.coimbraiparque.pt/

4 comentários:

  1. Mais uma vez coimbra no seu melhor: o iparque é uma utopia.
    E lamento, por que de facto Coimbra reune um conjunto de iniciativas translúcidas e lúcidas da melhor água mundial. O iparque é utópico para a transferência de saber e para implementação de novas e proimissoras empresas porque é muito caro para estas. Aliás é proibitivamente caro. O i parque seria excelente para acolher um novo Polo integrante dos vários Polos da Universidade de Coimbra. Se fosse para este fim, o Iparque cointibuiria com um excelente exemplo mundial de organização municipal a vários níveis...

    ResponderEliminar
  2. Uma utopia?? Novo Polo integrante dos vários Polos da Universidade de Coimbra?? Proibitivamente caro??

    :-)

    Que confusão para aí vai. Mantenha-se atento. Talvez mude de opinião em breve.

    ResponderEliminar
  3. Muito bem. Espero que resulte, e ao contrário do que li acima penso que o caminho é mesmo este... se isto não resulta, nada resulta. E a Universidade precisa de ser revitalizada.

    Adriano

    ResponderEliminar
  4. Como sempre neste País as coisas nascem tortas, estamos quase em 2011 e temos visto o andamento do projecto.

    Henrique Costa

    ResponderEliminar

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.