sexta-feira, 23 de setembro de 2016

E quando eu não puder decidir?

Informação dos Blogtailors:

Viver implica decidir e morrer. Se pensamos e avaliamos todas as decisões que tomamos no nosso quotidiano, por que evitamos fazer o mesmo com a morte? E Quando Eu Não Puder Decidir? é uma reflexão sobre os momentos em que podemos preparar um fim de vida com a dignidade, a paz e consciência de se terem tomado decisões de forma reflectida.
Mais do que uma análise angustiada e desesperada sobre a morte, pretende-se uma conversa sobre a vida na sua plenitude e finitude, as decisões que tomamos no quotidiano, a forma como lidamos ou não com a doença, a informação, o consentimento, bem como os desafios colocados pela eutanásia ou suicídio assistido.

Neste ensaio, que abre uma nova colecção da Fundação Francisco Manuel dos Santos, intitulada Ética Para O Nosso Tempo, Lucília Nunes reflecte sobre o fim de vida não como um momento, mas como um processo.

Recorrendo a verbos activos como pensar, distinguir ou consentir, a autora elabora sobre um dos temas fundamentais da filosofia e da ética e alerta para uma crescente distanciação da morte e como a tentamos esconder. Mais do que se focar na possibilidade de decidir o instante em que se coloca termo à vida, urge debater a forma como se chega a esse momento.
«Ao longo dos tempos, fomos lidando com a morte, umas vezes de formas mais próximas, atualmente de forma mais distanciada, às vezes como se não existisse. Para isso também tem contribuído o “morrer no hospital”, criando distância em relação ao quotidiano, afastando doentes e moribundos do contacto com os seus, medicalizando a morte. Prestamos pouca atenção ao facto de não podermos vencer a morte mas podermos lidar com o medo que temos dela.»
E Quando Eu Não Puder Decidir? é o volume inaugural da nova coleção da Fundação Francisco Manuel dos Santos, Ética para os Nossos Dias. Uma coleção que pretende trazer o debate sobre questões éticas transversais a toda a comunidade para a realidade e o discurso contemporâneo. Serão dez títulos, assinados por notáveis figuras e qualificados especialistas, que explorarão e esclarecerão algumas das questões éticas do nosso tempo, que muitas vezes dividem a opinião púbica.

A coleção é fruto de uma parceria entre a FFMS e o Conselho Nacional de Ética para as Ciências da Vida. Com E Quando Eu Não Puder Decidir? como primeiro volume, seguir-se-ão outros nove a publicar ao longo de 2017.

Lucília Nunes é doutorada em Filosofia, com agregação em Filosofia, especialidade Ética. Vice-presidente do Conselho Nacional de Éticas para as Ciências da Vida, Presidente do Conselho Técnico-Científico e responsável pelo Departamento de Enfermagem da Escola Superior de Saúde do Instituto Politécnico de Setúbal. É também membro da Comissão de Ética para a Saúde do Centro Hospitalar de Setúbal.
Já disponível na bancas.

O lançamento de E Quando Eu Não Puder Decidir? e da coleção Ética para os Nossos Dias terá lugar no Salão Nobre da Reitoria da Universidade de Lisboa, no dia 27 de setembro, entre as 18.30 e as 19.30. A apresentação contará com a presença da autora e estará a cargo de João Lobo Antunes e António Araújo, director da Fundação Francisco Manuel dos Santos. 

Sem comentários:

Enviar um comentário

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.