terça-feira, 27 de Maio de 2008

Times de Londres sobre o desacordo ortográfico

Aqui, via Enxuto.

4 comentários:

  1. Olá,
    Tenho ouvido muitas vezes um argumento em defesa da língua portuguesa que é caricatura ingénua de falta de visão: O argumento consiste na defesa de que o português de Portugal é que é central e fundador da língua pelo que deve ser este o portugues a preservar. Acontece que uma lingua não se defende por nacionalismos e vaidades ou birras, mas por estudo, trabalho, práticas que reflicatam a investigação séria.. e disso poucos falam, catano! Então eu vou defender o geocentrismo só porque Ptlomeu era um gajo fixe e foi uma teoria fundadora do problema.

    ResponderEliminar
  2. A língua conquistada pelo Google?

    Falou ao Times pesquisar que o Acordo está assinado por Portugal deste 1991 altura em que o Google não tinha assim tanto poder (talvez por só ter surgido 5 anos depois...)

    ResponderEliminar
  3. Nesta conversa toda, já agora, onde está o relatório, com números e seriedade que documente como as diferentes grafias estão a ser um entrave para a compreensão mútua dos brasileiros e portugueses?

    Há dias que só dá vontade de andas à chapada...

    ResponderEliminar
  4. Pois, Kyriu, quando o Times publica lixo deste, não há chapadas que cheguem.

    ResponderEliminar

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.