segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

O IMPOSTO ESPECIAL DOS COSMÉTICOS CAROS


A minha crónica mais recente na Notícias Magazine, sobre cosméticos caros:

As coisas tornam-se mais interessantes quando entramos no mundo dos ingredientes mágicos para, por exemplo, reduzir as rugas. É um mercado com uma regulação vaga, assente em estudos conduzidos pela própria indústria que não são de conhecimento público e que incidem frequentemente sobre fatores subjetivos (satisfação do cliente ou opinião de médicos). O número de pessoas que experimentam o produto em testes clínicos é por vezes muito pequeno (dezenas) e estes podem incidir sobre aspetos que não são os alegados na publicidade, que tende a ser habilidosa.

Sem comentários:

Enviar um comentário

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.