sábado, 18 de julho de 2015

A COR DOS MINERAIS

Texto do Professor Galopim de Carvalho.

A impressão de cor que nos é dada por um qualquer corpo, no caso vertente, um mineral, é consequência da absorção das radiações de determinados comprimentos de onda do espectro da luz branca que incide sobre ele. Por exemplo, o realgar (sulfureto de arsénio) e o rubi (óxido de alumínio) são vermelhos vivos porque absorvem as radiações com comprimentos de onda 625 a 740 nm (nanómetros).
Enxofre
A autunite e o enxofre são amarelos porque absorvem a gama compreendida entre 565 e 590 nm, a azurite (carbonato de cobre) e a safira (óxido de alumínio) são azuis porque retêm as radiações com 440 a 485 nm.

O quartzo leitoso e o sal-gema são brancos quando não absorvem nenhuma das ditas radiações.

A grafite (carbono nativo) e a pirolusite (dióxido de manganês) são negros porque retêm a quase totalidade das mesmas...

A cor depende de vários factores, entre os quais se destaca a composição química, como é o amarelo no enxofre, o verde e o azul nos minerais com cobre, respectivamente, na malaquite e na azurite, ou o vermelho nos com ferro, como é o caso da hematite.

Depende também da estrutura cristalina que explica a diferença de cor e a permeabilidade à luz dos dois minerais de carbono, o diamante (hialino) e a grafite (opaca e preta).

Esmeralda (variedade gema de berilo)
Safira (variedade gema de corindo)
Depende ainda da presença de de “impurezas”, termo utilizado para referir particular de ínfima dimensão de outros minerais incluídas no seu seio como são os casos do óxido e do hidróxido de ferro, de ferro no interior do quartzo ou do feldspato, corando-os, respectivamente de vermelho e de amarelo.

Consideram-se, ainda, impurezas certos elementos químicos presentes nas redes cristalinas de alguns minerai, em quantidades reduzidíssimas (não figurados na respectiva fórmula química). É o caso do crómio incluído na rede do berilo (silicato de alumínio e berílio),responsável pela cor verde da variedade gema bem conhecida pelo nome de esmeralda.
Rubi (variedade gema de corindo)

O mesmo elemento químico é o responsável pela cor vermelha do rubi, ou seja, a variedade gema do corindo (óxido de alumínio). Na safira, uma outra variedade gema do corindo, a bela cor azul é devida à presença de ferro e titânio.

Outros factores determinantes da cor dos minerais, explicados em domínios muito especializados da física, ultrapassam a nossa preparação, sendo suficiente saber que existem.

A. Galopim de Carvalho

Sem comentários:

Enviar um comentário

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.