domingo, 1 de dezembro de 2013

Sugestão séria para o Ministro da Educação e respectivo Secretário de Estado

Abandonem, por duas manhãs por semana, o Palácio das Laranjeiras e montem gabinete nas Escolas Públicas de Portugal. Era dinheiro bem gasto.

Peçam a cada escola, sede de agrupamento (existem 257), que ceda uma sala, e marquem uma agenda, de forma a estar duas manhãs a trabalhar nas instalações de escolas portuguesas. Fariam tudo de lá, despachavam e tomavam conhecimento da realidade. E seriam, espero, uma forte razão de incentivo.

A sério, se eu fosse governante nesta área faria isso. A minha agenda teria duas manhãs numa escola pública Portuguesa, percorrendo 8 escolas por mês (em pouco mais de dois anos percorriam todos os agrupamentos, numa legislatura percorriam o país duas vezes).

AGENDA 2.ª feira e 3.ª feira - Ministro e Secretário de Estado
8:30 - Pequeno almoço na Cantina da Escola;
8:45 - Encontro com a Direção da Escola;
9:30 - Trabalho no Gabinete;
11:30 - Encontro com professores;
12:30 - Encontro com alunos;
13:00 - Almoço de Trabalho na Cantina da Escola;
14:30 - Retorno a Lisboa.

J. Norberto Pires

3 comentários:

  1. Caro Norberto

    a sua sugestão seria uma porta aberta à corrente de ar. Não lhes agrada o áspero da realidade.

    ResponderEliminar
  2. Não se esqueçam de meter o Medina Carreira como assessor e quem sabe até choffer do Crato! juntos faziam uma bela dupla e no que toca a tentarem gerir um país que afinal não existe a não ser nas suas cabeças ninguém os bate, enquanto havia o plano inclinado estava-mos a salvo, agora ninguém o pára! (ou será para??)

    ResponderEliminar
  3. Seria uma imensa perca de tempo...
    Ao Ministério deveria apenas competir definir os objetivos a atingir em cada "grau" de ensino e verificar se as metas são atingidas. Como lá chegar deveria ser tarefa das escolas.
    Por essa ordem de ideias qualquer um destes dias o Ministério para cumprir bem as suas "funções" teria de ir alguns dias para a casa de cada aluno.
    As estórias que fica bem contar, daquele administrador que vai para a "produção" como vulgar "operário" é que é o bom administrador é um belo romance e nada mais. O piloto é bom a conduzir um veículo sem saber nada de mecânica.

    Rui Silva

    ResponderEliminar

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.