sábado, 24 de fevereiro de 2018

Por que aprendemos melhor ciência quando se parece com um romance?


Palestra sobre

"Por que aprendemos melhor ciência quando se parece com um romance?

O Ensino das Ciências através de narrativas literárias."


por

Sara Soares
ISCTE- Lisboa - Departamento de Psicologia Social e das Organizações
e CIS-IUL - Centro de Investigação e de Intervenção Social

No RÓMULO- Centro Ciência Viva da Universidade de Coimbra

Dep. Física da Universidade - Piso 0

A palestrante e o tema da palestra  serão apreesntados por Carlos Fiolhais, director do Centro.

Segunda feira, dia 26 de Fevereiro 2018, 18 h

Entrada livre

1 comentário:

  1. Porque o romance tem arte e paixão, cuja fruição está ao alcance sentimental e intelectual da maioria da população; a ciência, mesmo ao nível mais básico do ensino C + S, pode ser difícil de fruir, porque as suas leis muitas vezes não respeitam o senso-comum das pessoas e são apresentadas na forma de expressões matemáticas que, podendo ser muito belas, escapam ao entendimento da maioria dos mortais.
    Infelizmente, afazeres profissionais inadiáveis impedir-me-ão de assistir à palestra de Sara Soares, mas é minha convicção que "O Ensino das Ciências através de narrativas literárias", o que pressupõe "ensinar ciências deixando de fora a matemática", é como fazer omoletas sem ovos, uma metodologia apenas tolerável no âmbito da filosofia do Aprender a Aprender!

    ResponderEliminar

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.