sábado, 2 de dezembro de 2023

EM DESLOUVOR DAS EPOPEIAS

As epopeias só celebram guerras,
matanças e cornos assinalados,
corridas tontas por plainos e serras,
gritos, berros, brados misturados,

viagens míticas e mentirosas,
milagres mais ou menos inventados,
ninfas e putas muito dadivosas,
guerreiros dementados, abraçados

a efebos doces e epicenos.
A sujidade muito prolongada,
de vez em quando, os líricos acenos,

que embelezam a caca celebrada.
Trata-se de verso alevantado,
promovendo terreno mal mijado!

Eugénio Lisboa

Sem comentários:

"Nós, professores, já não lemos. Nem sequer estudamos."

O artigo que aqui traduzimos, assinado por Diego Garrocho, não traz nada de novo, mas o que traz é importante, fundamental, precisa de ser r...