segunda-feira, 17 de janeiro de 2022

CIÊNCIA, PSEUDOCIÊNCIA E DESINFORMAÇÃO

 Vai ter lugar no dia 17 de Janeiro pelas 18h a conferência Ciência, Pseudociência e Desinformação com David Marçal, comunicador e gestor de ciência e professor convidado na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade NOVA de Lisboa, e Carlos Fiolhais, Professor Catedrático aposentado de Física da Universidade de Coimbra, ambos nomes incontornáveis da comunicação e divulgação de ciência em Portugal.


Esta é a segunda conferência do Ciclo Como Dialogar com quem não quer ouvir: para lá da polarização e da desinformação. O ciclo promove uma reflexão sobre temas como a confiança na ciência, a polarização política e a desinformação.

Com uma periodicidade mensal, as conferências têm lugar à segunda-feira ao final da tarde e são de acesso livre e gratuito, tendo lugar via Zoom e sendo transmitidas em direto no canal YouTube do Seminário de Jovens Cientistas em https://tinyurl.com/SJC-ACL

Para participar na sessão Zoom desta conferência é necessário registo prévio em https://forms.gle/nJ5ZPQQkocYjDWkCA 

O ciclo é uma iniciativa do Seminário de Jovens Cientistas (SJC) da Academia das Ciências de Lisboa em colaboração com o Instituto de Tecnologia Química e Biológica António Xavier, Universidade Nova de Lisboa (ITQB NOVA) e o Centro de Estudos Clássicos e Humanísticos, Universidade de Coimbra (CECH-UC)

Esta iniciativa terá como objetivo apresentar um conjunto de visões para analisar a forma como estes problemas estão interligados e promover estratégias para fomentar um diálogo construtivo.

Organização:
Seminário de Jovens Cientistas,
Academia das Ciências de Lisboa

Coordenação
Gonçalo Marcelo (SJC-ACL e CECH-UC)
Pedro Matos Pereira (SJC-ACL e ITQB NOVA)
Ana Sanchez (ITQB NOVA)

Sem comentários:

Enviar um comentário

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.

A Prima Bette de Honoré de Balzac

[A Prima Bette é o último romance de Honoré de Balzac. Aproveitando que tinha começado a ler uma versão muito elegante do livro publicada re...