quinta-feira, 19 de abril de 2018

Quando se lê em criança o cérebro cresce

Ler declarações minhas no Público:

https://www.publico.pt/2018/04/19/culturaipsilon/noticia/quando-se-le-em-crianca-o-cerebro-cresce-diz-carlos-fiolhais-1810887

3 comentários:

  1. O cérebro cresce e aumenta a pressão intracraneana o que pode ter consequências
    gravíssimas. Não convém ler muito em jovem.

    ResponderEliminar
  2. E se as crianças forem avessas à leitura?
    Os papás e as mamãs não têm razão para entrar em pânico. Incutam-lhes, desde cedo, hábitos de escrita criativa. Hoje em dia, a escrita criativa já não é considerada um luxo. Em todos os superes e hiperes, espalhados por essas plagas lusitanas, desde o Minho e Trás-os-Montes até lá abaixo aos Algarves, o que não falta são gabinetes de doutores especialistas em Supervisão Escolar e Aprendizagem, onde qualquer garoto é posto a escrever como o grande José Saramago, antes que se completem três luas cheias e um quarto minguante, desde a data da inscrição na Oficina de Formação.
    Para os engraçadinhos que já estão a afiar as lapiseiras para desancarem quem me ensinou a escrever, lamento desapontá-los mas o grande crescimento do meu cérebro tem mais a ver com barrigadas de nozes que apanhei em criança!

    ResponderEliminar
  3. Oh, fracos vermes relutantes!
    Tive um ânimo ingrato como vós,
    Um coração altivo e mais motivos
    De opor a uma palavra outra palavra
    E a uma, outra vontade. Mas não passam
    de fracos fios de palha as nossas lanças...

    "A Fera Amansada" - Kate

    ResponderEliminar

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.