domingo, 2 de outubro de 2016

"A perda do sentido de privacidade"

Salman Rushdie numa entrevista a Ricardo Jorge Fonseca, publicada hoje no Jornal de Notícias.
"... há algo de muito estranho a acontecer em relação à ideia de privacidade. Hoje em dia é como se uma coisa só existisse quando é publicada a fotografia dessa coisa. Esta conversa que estamos a ter não teve lugar até que exista uma representação dela e outras pessoas a vejam. 
O meu instinto leva-me a estabelecer uma separação muito clara entre vida privada e vida pública. A perda do sentido de privacidade, esta fúria de publicar tudo o que se faz, é perigosa porque nos coloca à mercê de forças poderosas na sociedade que estão sempre interessadas em saber demasiado sobre as nossas vidas, e esse conhecimento pode ser usado contra nós. 
As pessoas parecem ter-se esquecido que é importante proteger certa informação. Acho isso preocupante."

Sem comentários:

Enviar um comentário

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.