domingo, 11 de fevereiro de 2024

OUTRAS CITAÇÕES DE VOLTAIRE

Às citações anteriormente aqui trazidas, desse espírito fecundo, ágil e cintilante, que foi Voltaire, não resistimos a juntar aqui mais algumas, tal é a profusão delas, na vastidão da sua obra variada e sempre aliciante. Apetece perguntar: “Como se pode ser Voltaire?” Valéry era de opinião que o génio se aprende. Se assim é, pergunto: “Quem mo ensina?”
Eugénio Lisboa 
 
 A tolerância nunca provocou uma guerra civil, a intolerância cobriu a terra de carnificina.

A escrita é a pintura da voz.

Quando se trata de dinheiro, toda a gente é da mesma religião.

Como o despotismo é o abuso da realeza, a anarquia é o abuso da democracia.

É sempre obrigatório aquilo que é grande ser atacado pelos espíritos pequenos.

A pátria é onde se vive feliz.

Todas as grandezas deste mundo não valem um bom amigo.

Aquele que sustenta a sua loucura pelo assassinato é um fanático.

Ama a verdade mas perdoa o erro.

É próprio da censura violenta acreditar nas opiniões que ataca.

Cartas curtas e longas amizades, eis a minha divisa.

1 comentário:

Mário R. Gonçalves disse...

A Patria é onde se vive feliz?

Não há Deus, não há Pátria portanto,

e em breve não haverá família sequer,



Mas é sempre bom ouvir Voltaire, obrigado.

"Nós, professores, já não lemos. Nem sequer estudamos."

O artigo que aqui traduzimos, assinado por Diego Garrocho, não traz nada de novo, mas o que traz é importante, fundamental, precisa de ser r...