domingo, 30 de agosto de 2015

ASSUNCÃO CRISTAS E A PSEUDOCIÊNCIA


Diz a ministra da agricultura e do mar, que o relatório do International Council for the Exploration of the Sea (ICES), uma organização científica internacional que se dedica ao estudo da pesca e dos recursos marinhos, pode ter alguma "falha" porque aconselha quotas de captura de sardinha abaixo do aconselhável em vésperas de eleições. Afinal os pescadores votam e, pior ainda, os apreciadores de sardinha também. Qualquer relatório ou estudo científico pode ter falhas. Mas lançar uma suspeita destas sem qualquer fundamento é desonesto. É o tipo de coisa que fazem os negacionistas das alterações climáticas face aos relatórios do IPCC. Nada que surpreenda, de um governo que reduziu a "quota" do conhecimento e da cultura científica a níveis insustentáveis e aumentou alarvemente a da pseudociência, aprovando licenciaturas em banha da cobra e dando um largo (e enganador) impulso às terapias alternativas. Muito bem faz o biólogo Gonçalo Calado na reportagem da SIC, em pôr os pontos nos is.

Sem comentários:

Enviar um comentário

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.