sexta-feira, 6 de junho de 2014

DEZ BONS LIVROS SOBRE CIÊNCIA DE AUTORES PORTUGUESES




Agora que é a época da Feira do Livro, escolhi um top ten de 10 bons livros portugueses sobre ciência de autores portugueses. Estão por ordem alfabética do apelido. Procurou-se algum equilíbrio entre áreas científicas e também contemplar, embora só em pequena parte, o público infantil e juvenil. São dez livros que podiam e deviam existir em todas as bibliotecas públicas portuguesas, pelo menos as escolares. Estranhamente só os livros de Rómulo de Carvalho e de Nuno Santos et al, estão no Plano Nacional de Leitura- PNL, e nenhum dos dois aqui distinguidos como os melhores para ciências e jovens. Os preços indicados são só indicativos, pois todas estas obras se encontram muito mais barato na Feira do Livro.

1-      Jorge Buescu, Casamentos e outros desencontros, Gradiva, 2011 (11 euros).
Um matemático reúne aqui diversas crónicas muito divertidas sobre temas matemáticos. O casamento é também visto como um problema matemático? Deve-se casar com o/a primeiro/a namorado(a) ou não?

2-      Jorge Calado,  Haja luz. Uma história da Química através do tempo,  IST Press, 2012 (46 euros)
O professor de Química do Técnico, apaixonado pela ópera e pela fotografia, faz aqui um extraordinário percurso ricamente ilustrado não só pela história da química mas também pela história da ciência em geral ou mesmo só pela história. Tudo está ligado com tudo!

3-      Rómulo de Carvalho, A Física no dia-a-dia, Relógio d’Água , 1995 (reedição, o original saiu na Atlântida) (14 euros)
O professor de Física e Química e também poeta (António Gedeão) apresenta aqui, para uma pessoa do “povo”, a quem trata por “meu amigo”, os fenómenos da física no quotidiano.

4-      António Damásio,  O Erro  de Descartes. Emoção, razão, e cérebro humano, Temas e Debates, 2011 (reedição, o original saiu nas Publicações Europa-América, tendo saído antes nos Estados Unidos), (19,90 euros)
O médico e neurocientista português, que é um dos nossos emigrantes mais célebres,  discute a relação da emoção com a razão, partindo da obra do famoso matemático e filósofo francês René Descartes, o autor da famosa frase "penso, logo existo".  

5-      Henrique Leitão, Chamo-me... Pedro Nunes, Didáctica Editora, 2010 (10,50 euros).
O nosso melhor historiador de ciência apresenta a um público jovem, num livriinho ilustrado, aquele que é considerado o maior cientista português de todos os tempos. O Plano Nacional de Leitura deve andar muito distraído para deixar os novos jovens afastados deste belo livro...

6-      João Lobo Antunes, Egas Moniz. Uma biografia, Gradiva, 2010 (17 euros)
Um médico neurocirurgião “disseca” a vida de um dos nossos melhores cientistas e o nosso único Prémio Nobel nas áreas das Ciências, também ele neurocirurgião.

7-      João Magueijo, Mais rápido do que a luz, Gradiva, 2003 (obra saída antes em Inglaterra) (16,15 euros)
Um físico residente em Londres apresenta uma sua teoria que pretende pôr em causa a teoria da relatividade de Einstein, revolucionando a Física. Apesar de a teoria não ter sido confirmada e aceite, o livro mostra o desafio e a ousadia associados à ciência.

8-      David Marçal e Carlos Fiolhais, Pipocas com Telemóvel e outras histórias de Pseudo-ciência, Gradiva, 2012 (12 euros)
Inclui-se aqui porque a obra é mais do primeiro autor, bioquímico e divulgador de ciência. Desmistifica com vários exemplos, alguns deles bem divertidos,  aquilo que se faz passar por ciência sem o ser.

9-      Constança Providência e Isabel Schreck Reis.  Ciência a Brincar, Descobre a Terra! Bizâncio, 2001 (9,59 euros)
As autoras, uma física e outra professora do básico, descrevem experiências que se podem fazer com materiais muito simples para crianças entre os 4 e os 10 anos. A colecção onde este livro se insere tem 10 livros que são, entre nós, dos mais vendidos de ciência infantil. Também não está no Plano Nacional de Leitura.

10-   Nuno Cardoso Santos, Luís Tirapicos e Nuno Crato, Outras Terras no Universo. Uma história da descoberta de novos planetas, Gradiva, 2012 (13,50 euros).
Um astrofísico líder mundial na descoberta de novos planetas, um historiador de ciência e um matemático apresentam uma das aventuras mais recentes da ciência contemporânea: a descoberta de planetas extra-solares. Já são muito mais de mil e a contagem prossegue....


Carlos Fiolhais

Nota: Esta lista foi primeiramente publicada no portal Ciência na Imprensa Regional - Ciência Viva.

3 comentários:

  1. Como sempre boas escolhas. do N/ Carlos Fiolhais

    Permito-me acrescentar o livro da colecçao FFMS de Manuel Sobrinho Simões, "O Cancro", sobre o qual penso escrever duas rápidas linhas.

    Vale ler e barato de ter.

    Augusto Küttner de Magalhães

    ResponderEliminar
  2. Os livros são os de sempre. Todos anos repetidos, ora pela ocasião da feira do livro, ora pelo natal. Por isso mesmo estranho tantos erros:

    "Téncico"

    "noso"

    "ibra"

    ".,"

    "[Pedro Nunes] considerado o maior cientista de todos os tempos" ???????o Pedro Nunes? A sério???

    "apreesnta"

    "uma sua teoria" - ??? recupera uma hipótese, quanto muito.

    "qassociados"

    "que existia porque pensava." - quem escreveu não sabe nada sobre o que escreveu

    "não só pela história da química mas pela história da ciência em geral ou mesmo só pela história. Tudo está ligado com tudo!" - isto é simplesmente parvo.

    etc, etc, etc.

    Dizem que é para a cabeça, mas escrevem com os pés.


    ResponderEliminar
  3. Viva o Pedro!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderEliminar

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.