segunda-feira, 29 de setembro de 2014

NOVAS CONFERÊNCIAS DO CASINO

Comunicado recebido dos organizadores:


Num momento de grande necessidade e urgência para o país, um grupo de cidadãos decidiu reeditar para o século XXI a experiência das Conferências do Casino do século XIX, então lideradas por Antero de Quental e participadas por figuras como Eça de Queirós e Adolfo Coelho, entre outros.

Assim, terá lugar no dia no próximo dia 2 de outubro, em Coimbra, no Espaço RÓMULO – Centro Ciência Viva da Universidade de Coimbra, no Departamento de Física da Universidade de Coimbra, pelas 18:30h, a sessão inaugural das Novas Conferências do Casino, subordinada ao tema Do Manifesto às Novas Conferências do Casino: Vamos repensar Portugal, reunindo oradores como Carlos Fiolhais, Dionísio Vila Maior, Eduardo Lourenço, Raul Miguel Rosado Fernandes e Ruy Vieira Nery.

As Novas Conferências do Casino são uma iniciativa promovida na sequência da apresentação pública do Manifesto Contra a Crise: Compromisso com a Ciência, a Cultura e as Artes em Portugal, no passado dia 29 de janeiro na Fundação Calouste Gulbenkian, que foi subscrito por numerosas personalidades, entre os quais os escritores Lídia Jorge, Miguel Real e Teolinda Gersão e o músico Pedro Abrunhosa. O Manifesto foi promovido pelo Movimento Letras Com Vida (CLEPUL – Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa).

Encontram-se programadas oito sessões das Novas Conferências do Casino, sempre no último sábado de cada mês, às 16h, no Casino do Estoril, a partir do dia 25 de outubro de 2014, estando a última agendada para 27 de junho de 2015. As sessões pretendem contribuir para a criação de um espaço de debate cívico à volta de algumas das questões mais prementes da atualidade no que respeita à cultura, ciência e inovação em Portugal, acreditando que só o investimento continuado na qualificação das pessoas e a mobilização urgente de pessoas qualificadas poderão garantir o futuro desenvolvimento do país.

Nesse sentido, as sessões contam reunir algumas vozes representativas das mais diversas áreas da ciência e cultura portuguesas, como António Nóvoa, António Pedro Vasconcelos, Boaventura de Sousa Santos, Carlos Fiolhais, Guilherme d’Oliveira Martins, Luís Filipe Barreto, Viriato Soromenho-Marques, entre outros. Do debate de cada sessão ficará o registo de sugestões e propostas de ideias suscetíveis de serem concretizadas institucionalmente nas diferentes áreas da vida nacional, que serão transmitidas às instâncias competentes.


Mais informações em:
E através dos contactos 217 920 044/961 645 191 e letrasconvida@gmail.com.



Sem comentários:

Enviar um comentário

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.