sábado, 30 de dezembro de 2017

Opinião: Íris Científica 4

Faz já doze anos que António Piedade publicou o seu primeiro livro Íris Científica (2005), pela editora Mar da Palavra. Foi preciso esperar seis anos para o leitor conhecer o seu segundo livro, Caminhos de Ciência (2011). A partir daí, o autor já não mais parou, apresentando ao público um novo livro ao ritmo de quase um por ano. Entretanto, poderíamos ir acompanhando a sua escrita sobre ciência nas crónicas que publica regularmente na imprensa regional. Têm sido, aliás, esses os textos que têm alimentado a coleção Íris Científica, que já vai no quarto volume. Este novo livro é constituído por trinta e três textos, divididos em duas partes: “Além no Espaço” e “Aqui na Terra”.



A coleção Íris Científica é muito mais do que uma coletânea de textos publicados na Imprensa Regional. Trata-se de uma seleção de temas, que nos dá a conhecer as mais recentes descobertas e avanços científicos, e que vai sendo atualizada anualmente. Para quem, por motivos profissionais ou por falta de tempo, não consegue acompanhar o conhecimento produzido em várias áreas da ciência, pode encontrar neste livro um resumo de uma parte da investigação realizada tanto a nível nacional como internacional. Além disso, por estar escrito de um modo claro para diversos públicos, tanto pode ser lido por jovens alunos como por adultos interessados na ciência. Estou certo que este livro ainda servirá para aqueles que, no futuro, tenham curiosidade em conhecer que ciência fora produzida no passado – o nosso presente. Porventura, ainda poderá servir de ponto de partida a futuros historiadores da ciência. Trata-se, pois, de uma coleção útil a ter por perto, em qualquer biblioteca pessoal. Que o ano 2018 traga o quinto número desta coleção.


2 comentários:

  1. "Íris Científica 4" não está à venda em livrarias. Os interessados poderão obter um exemplar solicitando-o através do email apiedade@ci.uc.pt

    ResponderEliminar
  2. Este "ÍRIS CIENTÍFICA 4" já cá canta e posso dizer que concordo com tudo o que dele disse João Lourenço Monteiro.
    Agora, estou à espera que o Professor António Piedade me envie, à cobrança, os restantes 3 volumes desta sua série de livros.

    ResponderEliminar

1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome.
2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas".
3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias.